GASTRONOMIA -

Para comer e beber bem

Exclusividades e atendimento personalizado fazem do Barile um local especial

Walkiria Vieira - Grupo Folha
Walkiria Vieira - Grupo Folha

A cachaça barile é cortesia da casa. Para quem chega pela primeira vez ao Barile ou já é cliente fidelizado, a dose de água ardente é uma das formas de dar boas-vindas  - para uma sucessão de bons momentos. Conta o proprietário da casa, Rafael Escapilato, que a cachaça é parte da história do bar e ela é uma produção própria. O barril feito de amendoim-do-campo é um dos símbolos do bar e além dos 2.500 litros da purinha, é parte da memória de seu José Eupídeo, avô de de Rafael. "O nome barile, vem de barril, como falavam os italianos". 


Bolinhos de linguiça artesanal: porção do Barile dá água na boca
Bolinhos de linguiça artesanal: porção do Barile dá água na boca | Samara Garcia/ Divulgação
 


Mas toda essa composição é para dar melhor acolhida para a boa comida  que a casa serve, um exemplo são os bolinhos feitos com massa da linguiça artesanal de pernil suíno Barile, recheados com banana e queijo colonial, acompanhado de geleia de pimenta agridoce, molho barbecue e limão. Essa foi a porção escolhida por Escapilato para participar do festival gastronômico. "A roda de carroça, a cerquinha de balaustre são tradições do campo e trouxemos isso para a cidade como parte da memória de nossa família e receitas que sempre surpreendem". 




.
. | Divulgação
 

Bar em bar

Barile

Bolinhos feitos com massa da linguiça artesanal de pernil suíno Barile, recheado com banana e queijo colonial, acompanhado de geleia de pimenta agridoce, molho barbecue e limão. - R$ 34,90

Rua Paranaguá, 1146

Horário de funcionamento: de segunda a sábado, das 17 à meia-noite e meia




Continue lendo


Últimas notícias