O gosto artesanal do hambúrguer

Lanche tradicional ganha versões sofisticadas e veganas Lanche tradicional ganha versões sofisticadas e veganas

Natália Perezin - Estagiário*
Natália Perezin - Estagiário*

O sanduíche que foi criado em 1904 está presente na vida de várias pessoas. Em muitos lugares, é quase como uma tradição comer esse tipo de lanche. Também é muito democrático e versátil: o hambúrguer pode ser encontrado em festas de criança, aos finais de casamentos e formaturas – durante a madrugada -, na rua, em carrinhos ou foodtrucks e em restaurantes refinados. Além disso, pode ser apresentado de várias maneiras e com acompanhamentos diferentes. Até vale trocar a carne por outro ingrediente para incluir os vegetarianos e veganos na lista de pessoas que amam o hambúrguer.


Antigamente, as redes de fast food dominavam a venda dos hambúrgueres, mas de alguns anos para cá, as hamburguerias artesanais ganharam espaço e reconhecimento e se consolidaram no mercado gastronômico.




Do fast food – em tradução literal, comida rápida – ao artesanal, muitas coisas mudaram: a importância com a procedência e qualidade da carne, modo de fazer e temperar e até os condimentos usados no lanche.


Quem prepara o hambúrguer artesanal tem a preocupação com o blend – ou mistura de carnes - que é a porcentagem de carne magra e gordura que vai em cada unidade. Tem pessoas que escolhem um tipo de carne específico que já contém a porcentagem desejada, outras misturam diferentes tipos de carne, gordura extra e até bacon ou calabresa para incrementar. Detalhes como deixar a carne descansar e jogar o hambúrguer de uma mão para outra para que não haja ar na carne são básicos ao preparar o sanduíche.


.
. | Pexels.com
 




O hambúrguer pode ser feito, também, com outros tipos de carne, como frango, porco e até peixe. Até quem não come carne pode optar pelo hambúrguer. Os vegetarianos e veganos podem comer um lanche no estilo do tradicional, mas a carne é substituída por um hambúrguer de vegetais, leguminosas, grãos, cogumelos e qualquer outro alimento que tenha consistência suficiente para não desmanchar entre os pães. São comuns ingredientes como proteína de soja, lentilha, feijão, batata e grão de bico.


A gourmetização de vários alimentos e refeições também chegou para o hambúrguer: além da carne ser selecionada e preparada de forma mais atenciosa, os acompanhamentos dentro do lanche também podem ser bastante sofisticados, como queijos e suas misturas, molhos bem pensados e pães de altíssima qualidade. Isso sem esquecer, é claro, das famosas batatas fritas, que, em muitos estabelecimentos, são vendidas como batatas rústicas ou souté.


Apesar da sofisticação do hambúrguer, existe um contraponto bem positivo: é possível preparar o lanche em casa. Dessa maneira, cada pessoa pode personalizar o lanche da maneira que quiser, de acordo com a variedade de ingredientes disponíveis – vale até escolher o ponto da carne. Além disso, o custo para preparar em casa é bem menor do que comer fora.


* Supervisão: Célia Musilli

Editora da Folha 2




Hambúrguer caseiro com cebola caramelizada


Ingredientes

5 pães de hambúrguer

Manteiga para grelhar

5 fatias de queijo cheddar

Maionese, folhas de alface e rodelas de tomate a gosto

1/2 xícara (chá) de picles de pepino fatiado



Hambúrguer

800g de fraldinha moída

200g de patinho moído

100g de bacon moído

Sal e pimenta-do-reino a gosto

Azeite para grelhar

Cebola caramelizada

2 colheres (sopa) de manteiga

3 cebolas em rodelas

2 colheres (sopa) de açúcar mascavo

4 colheres (sopa) de molho de soja (shoyu)


Modo de preparo

Para a cebola, leve uma frigideira ao fogo baixo com a manteiga até derreter e junte a cebola, refogando até murchar. Adicione o açúcar e refogue por mais 3 minutos. Acrescente o shoyu e refogue por mais 3 minutos ou até ficar caramelizada, mexendo. Desligue e reserve.

Para o hambúrguer, misture as carnes e o bacon moídos e sal até formar uma massa homogênea. Modele os hambúrgueres, apertando-os bem para compactá-los. Reserve.

Em uma frigideira, em fogo médio, toste levemente os pães com manteiga. Reserve.

Aqueça uma frigideira com azeite em fogo alto até ficar bem quente. Coloque o hambúrguer, polvilhe com sal e pimenta, e deixe grelhar por 3 minutos. Vire e deixe por mais 3 minutos. Coloque uma fatia de cheddar sobre cada hambúrguer e deixe derreter. Para a montagem, espalhe um pouco de maionese em uma parte dos pães, coloque o hambúrguer com queijo, a cebola caramelizada reservada, o picles, alface e tomate. Cubra com outra metade de pão e sirva em seguida.

Tempo: 40min

Rendimento: 5 unidades

Fonte: guiadacozinha.com.br





Hambúrguer vegetariano de  feijão preto


Ingredientes

3 xícaras de feijão cozido e escorrido

1 xícara de cebola picada

1/2 xícara de farinha de arroz

Óleo vegetal

Pimenta do reino a gosto

Sal a gosto



Modo de preparo

Coloque o feijão em uma tigela e amasse com o garfo. Não precisa amassar todos os grãos, pode deixar alguns inteiros para dar textura ao hambúrguer.

Em uma panela aqueça um pouco de óleo vegetal. Adicione a cebola e frite até dourar. Adicione o feijão amassado e misture com o cebola. Tempere com sal e pimenta do reino a gosto. Se a mistura estiver muito mole, com muita água, deixe cozinhar por mais um tempo. Mexa sem parar até a mistura começar a ficar mais densa. Desligue o fogo e espere amornar. Lembre-se que depois de esfriar a mistura irá ficar mais densa. Não se preocupe se ainda estiver mole e grudento. Adicione a farinha de arroz e misture. Unte as mãos com um pouco de óleo vegetal e molde os hambúrgueres do tamanho que preferir. Aqueça um fio de óleo vegetal e frite o hambúrguer em ambos os lados até ficarem dourados e crocantes. Frite somente o que for consumir na hora. Monte o seu lanche do jeito de preferir.


Tempo: 40 min.

Rendimento: 5 unidades

Fonte: /temperoalternativo.com.br

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Continue lendo


Últimas notícias