GASTRONOMIA -

Etapa Bar em Bar encerra o Festival Gastronômico Cozinha & Sabor

Sabor de comemoração : atendimento e qualidade nunca saem de moda

Walkiria Vieira - Grupo Folha
Walkiria Vieira - Grupo Folha

Etapa Bar em Bar encerra o Festival Gastronômico Cozinha & Sabor
 




Bem servida e variada, assim a etapa Bar em Bar encerra o Festival Gastronômico Cozinha & Sabor, evento promovido pela Folha de Londrina em parceria com a Abrasel - Associação Brasileira de Bares e Restaurantes - Norte do Paraná. Ao todo, cinco etapas serviram para divulgar dezenas de estabelecimentos comerciais especializados em levar à mesa o que há de melhor para o consumidor. A primeira foi a Brasil Sabor, na qual nove restaurantes escolheram o carro-chefe da casa a um preço promocional para os clientes já fidelizados - ou novos - aproveitarem as oportunidades do cardápio.


Depois foi a vez de as cafeterias da cidade apresentarem verdadeiros banquetes para, de manhã ou no fim do dia, o freguês provar receitas preparadas com nossa bebida internacionalmente reconhecida, o café. O Festival da Pizza, por sua vez, confirmou que as quatro regiões de Londrina estão preparadas para atender quem tem fome de pizza e, com ingredientes genuínos, preparar receitas perfeitas. E o Fest Burger foi a oportunidade para hamburguerias e devoradores de lanches assumidos celebrarem a relação. Combos irresistíveis e molhos criados especialmente para o festival foram ingredientes para o sucesso da edição. 




SAIDEIRA

Feito saideira, o derradeiro dos bares chega com sabor de quero mais. São 30 anos de tradição - sendo que os últimos 10 sob o comando de José Miguel Aidar. Assim, o Bar Madalena está presente na memória de londrinenses, turistas e moradores da região que escolhem a casa para desfrutar de momentos de descontração e principalmente degustar de porções, pratos e drinks feitos para conquistar. Para o festival, Aidar selecionou uma receita para diferentes ocasiões, uma costelinha de porco frita acompanhada de molhos da casa pelo valor promocional de R$35. 


A música, as chitas na decoração e o atendimento se somam aos quitutes. O caldo de mocotó, a dobradinha, a moela ou o camarão, cada cliente se identifica com um prato no Madalena e Aidar considera que isso faz da casa um bom lugar. "Todos encontram o que querem, por mais diferente que seja a vontade. Na mesma mesa, posso servir um filé à parmegiana ou sashimi. Só depende do pedido". As porções também são de encher os olhos - e a mesa: isca de frango, tempurá, calabresa, chapa mista ou ceviche. No sábado, a feijoada é sagrada, e a casa, cheia - na varanda ou do lado de dentro, sinais de que tem comida boa ali. "Minha esposa, a Izabel, é quem comanda a cozinha. As pessoas elogiam. Ficamos felizes e estamos sempre dispostos a melhorar". 


Serviço: 

Costelinha de proco frita com mandioca e molhos da casa - R$ 35,00

Rua Belo Horizonte, 219

Horário de  funcionamento: de segunda a sexta, das 16 a meia-noite.  Aos sábados - das 10 à meia-noite.


Continue lendo


Últimas notícias