COZINHA & SABOR -

Conheça o cassoulet, a “feijoada” francesa

O prato típico de Toulouse e arredores do sul da França é um dos mais populares do país e, também, um bom exemplo de comida preparada à moda antiga

Felipe Soares Luiz - Estagiário*
Felipe Soares Luiz - Estagiário*

 

Cassoulet: a receita francesa que lembra a feijoada é ideal para os dias frios
Cassoulet: a receita francesa que lembra a feijoada é ideal para os dias frios | iStock
 



Há quem diga que a influência para a criação desse prato veio dos árabes, lá em meados da Idade Média e que já faziam suas próprias versões de cozido de favas, eles influenciaram diversos pontos da gastronomia, cultura e arquitetura europeias. Embora a ocupação tenha sido mais forte na Península Ibérica, eles chegaram a avançar para o território francês, sendo barrados apenas 300 quilômetros antes de alcançarem Paris.


O prato geralmente leva pedaços de patos banhados a óleo, linguiças e outros alimentos embutidos. Às vezes, podem ser acrescentadas carnes de porco e cordeiro. Isso pode variar dependendo da receita, da disponibilidade dos ingredientes e do gosto de quem cozinha. Tudo isso cozido no fogo bem lento em uma panela ou tigela de barro na qual a receita é servida. 


Ao longo dos anos, o prato acabou entrando para o repertório das famílias locais e foi sendo modificada até chegar ao que conhecemos hoje. O cassoulet ganhou personalidade própria ao chegar em Toulouse e Carcassone, regiões mais históricas do país, mas é a pequena comunidade de Castelnaudary  incorporou o prato como identidade própria e leva o título de capital mundial do cassoulet.

Mas não precisa ir até ao pequeno vilarejo da França para experimentar o prato, faça o prato francês vir até a sua casa. Com os ingredientes certos, a “feijoada” francesa vem agradar os paladares brasileiros. Essa é uma receita mais demorada, então fique de olho no passo a passo. Bon appetit!



INGREDIENTES: 500 g de feijão branco, 500 g de carne bovina de sua preferência, 1 kg de coxinha da asa, 1 linguiça calabresa, 2 paios, 200g de bacon (ou lombinho defumado cortado em cubinhos), 6 tomates (italianos) maduros, 3 cebolas, alho, cheiro verde, louro, pimenta, pimenta biquinho, sal, cenoura, ervilhas frescas ou congeladas (em lata jamais) e vagem a gosto. 


MODO DE PREPARO: Colocar o feijão de molho (de um dia para o outro ou no mesmo dia do cozimento). Refogue na panela de pressão duas cebolas picadas, alho e outros temperos de sua preferência com a carne cortada (a carne demora mais para cozinhar que o feijão, por isso tem que ir ao fogo primeiro).

Acrescente água quente e ponha na pressão. Depois, desligue e deixe a pressão sair naturalmente. Acrescente o feijão escolhido e lavado, os paios, cortados em rodelas ou meia lua, a linguiça, cortada em rodelas ou meia lua e o bacon picadinho. Leve para cozinhar na pressão novamente.


Tempere as coxinhas das asas do frango e refogue em outra panela. Quando estiverem douradas, acrescente uma cebola picada, alho e seis tomates maduros picados ou batidos no liquidificador. Refogue em fogo baixo, até que apure o molho.

Assim que o feijão e os demais ingredientes estiverem cozidos, acrescente as coxinhas da asa refogadas com o molho e, para finalizar, acrescente cheiro verde, rodinhas de cenouras, pimenta biquinho e vagem (ou ervilhas frescas ou congeladas) para colorir o prato.

Sirva com arroz e se preferir, pode polvilhar no prato parmesão. E está pronta o seu cassoulet francês.


Supervisão: Célia Musilli/ Editora

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito
Assine e navegue sem anúncios [+]

Últimas notícias

Continue lendo