|
  • Bitcoin 99.676
  • Dólar 5,2066
  • Euro 5,4587
Londrina

Luiz Geraldo Mazza

m de leitura Atualizado em 31/05/2022, 19:40

Quebradeira possível

Estruturas mais bem equilibradas como a paranaense encaram um furo de R$ 6,3 bi, o que não deixa de produzir estragos

PUBLICAÇÃO
quarta-feira, 01 de junho de 2022

Luiz Geraldo Mazza
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

Admite-se, tecnicamente, que alguns estados poderiam chegar à quebra com as mudanças programadas para o ICMS dos combustíveis. Estruturas mais bem equilibradas como a paranaense encaram um furo de R$ 6,3 bi, o que não deixa de produzir estragos. Há esperança de que durante o trâmite do processo no Senado as coisas possam mudar, mas essas perspectivas são consideradas mínimas.

Fora do Auxílio 

Quase a metade dos municípios brasileiros tem famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza, que mesmo com cadastro aprovado não recebem o Auxílio Brasil por absoluta falta de recursos. Há filas de espera em 2.525 cidades com mais de 746 mil famílias aguardando aumento no orçamento ou a saída de um beneficiário. Há, segundo a Confederação Nacional de Municípios, uma fila de 1,3 milhão de famílias.

Tragédias

Houve mais de 500 mortes por tempestades desde o fim do ano passado no Brasil, agora só na Grande Recife houve 100. O que é mais desolador: a guerra ou essa constância em acidentes naturais? Como ônus para o governo esses acidentes revelam omissão até pela repetição dos fenômenos. Anuncia-se que não haverá São João no Recife e os recursos levantados servirão para atender os atingidos.  

Front 

Em São Paulo média de internações por Covid-19 cresce 74%, aqui dobra o número de pacientes hospitalizados com a doença. Entre domingo e segunda houve 72 óbitos e mais 26.496 infecções em 24 horas, Curitiba teve 4 mortes e 11 mil casos. A queda móvel de mortes não se dá na mesma proporção das infecções, o que é aterrador. Desde ontem clínicas privadas receberam vacinas da AstraZeneca. Na segunda-feira o Brasil registrou a maior média móvel de casos desde o fim de março em 24.993 infecções por dia. Urge reativar os cuidados, o que aliás alguns municípios já estão fazendo com as máscaras nas aulas presenciais. Agora outra preocupação: o Brasil tem dois casos suspeitos da varíola dos macacos. 

Cortes 

Os cortes orçamentários para cobrir o reajuste dos funcionários em 5% passa de R$ 12 bi e a Universidade Federal do Paraná sofre um drama com um bloqueio de R$ 25 milhões. 

Crise 

Situações de crise no abastecimento de água, como o de ontem, pegando várias cidades da Grande Curitiba, se explicam até pela complexidade urbana, mas estariam exigindo um aprofundamento nas reflexões: aceitar por aceitar como fatalidade sem exame de erros de gestão não é racional.  

Grafito 

Pesquisadores acabam de encontrar um grafito de 1.700 anos contra um soldado romano. Pelo jeito o MDB daqui tinha arqueólogos, pois ninguém cultivou a arte política das pichações como ele, daquelas que atingem a alma ou o seu controverso silábico, a lama.  

LEIA TAMBÉM:

Olho nas pesquisas
Pesquisas, a variedade

Conflito 

Ucrânia quer mais prensa nas sanções contra a Rússia, mas há um problema: a maior parte dos países europeus é dependente do gás e petróleo e um embargo de 75% é pouco diante do uso bélico de 100% 

Exemplo 

Deputados estaduais do Paraná estão atentos ao sinal do Tribunal de Justiça de São Paulo de que um dos desembargadores está exigindo que o governo dê informações detalhadas sobre renúncia fiscal. Seria um banquete para a oposição monotemática. 

Folclore 

Igualdade virou ideia fixa até das pesquisas e uma delas mostrou que os brancos têm o dobro de chance do negro eleger-se deputado. O fato é que não corresponde, como no caso das mulheres, â divisão racial da população. 

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1.