Não se iluda com lacunas de mercado enganosas


Uma das principais características dos grandes empreendedores é que eles conseguem identificar oportunidades de negócios em segmentos ou regiões nas quais existem lacunas de mercado. Áreas descobertas que apresentam grande potencial.



O problema é que nem sempre o oceano que alguém passa a enxergar de uma hora para a outra realmente é azul. Como ensina um conhecido adágio da administração: há uma lacuna no mercado, mas há um mercado na lacuna?





 Nem toda área inexplorada oferece boas perspectivas de retorno ao investidor. Como é o caso daquela cidadezinha pela qual você sempre passa e vive se perguntando: “Por que ninguém constrói um hotel decente por aqui?" A resposta é que pode não haver demanda suficiente para suportar um hotel melhor no lugar.


 

Antes de ficar empolgado com aquela oportunidade que parece incrível, procure saber por que ninguém ainda a aproveitou. Um dos principais erros que você pode cometer na hora de empreender é achar que só você visualizou a lacuna até agora.


 


Outro ponto importante é reconhecer a diferença entre uma lacuna e um "produto da moda". Você se lembra das paletas mexicanas? Alguém teve a ideia genial de pegar um palito de sorvete, enchê-lo de leite condensado, colocar uma embalagem bacana e depois cobrar um preço bem mais alto do que o de um picolé.


 


Como o negócio parecia ser promissor, vários empreendedores montaram a sua paleteria sem pensar duas vezes. Mas, a febre passou e pouquíssimas lojas permanecem abertas. Para ser mais exato, apenas 2 de cada 10 sobreviveram.


 


Em outros casos, a lacuna realmente existia, mas muita gente quis ocupá-la na mesma hora e poucos se salvaram. As barbearias estilosas, por exemplo, deixaram de ser um negócio bastante lucrativo justamente porque há um número exagerado de fornecedores brigando pelos mesmos clientes.


 


Porém, o local onde a maior parte dos empreendedores continua tendo dificuldade de enxergar se existe mercado na lacuna é o mundo digital. São inúmeros os casos de pessoas que identificam algum tipo de aplicativo que ainda não existe, contrata um desenvolvedor e só depois é que se pergunta: “Por que as pessoas realmente devem baixar esse app no smartphone delas e usá-lo frequentemente?"


 


Se você identificou uma oportunidade e está disposto a investir nela, antes de ir em frente, sugiro que você reflita:


1) Por que ninguém preencheu essa lacuna até agora? E o que aconteceu com quem tentou?


2) Essa demanda pode ser uma onda passageira ou tem potencial para continuar sendo atrativa a médio/longo prazo?


3) O que outros investidores dizem a você quando compartilha a sua ideia com eles?


 


É tentador abrir qualquer negócio que seja inovador e ainda prometa altas margens de lucro. Ou, então, que atenda uma necessidade que há em sua região. Mas, o fato de simplesmente existir uma lacuna não pode ser o principal motivo para você ir em frente com os seus planos. Pense nisso!



* Wellington Moreira, palestrante e consultor empresarial




[email protected]

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Continue lendo


Últimas notícias