|
  • Bitcoin 103.824
  • Dólar 5,3278
  • Euro 5,5321
Londrina

Consultoria Empresarial

m de leitura Atualizado em 25/05/2022, 18:36

6 crenças limitantes de líderes ineficazes

Colunista relaciona algumas dessas crenças. Algumas delas fazem parte do seu repertório?

PUBLICAÇÃO
quinta-feira, 26 de maio de 2022

Wellington Moreira
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

Certa vez Gandhi afirmou: "Nossas crenças se transformam em pensamentos, os pensamentos em palavras, as palavras se tornam ações e estas ações repetidas se tornam hábitos. E estes hábitos formam nossos valores e nossos valores determinam nosso destino."

Imagem ilustrativa da imagem 6 crenças limitantes de líderes ineficazes Imagem ilustrativa da imagem 6 crenças limitantes de líderes ineficazes
|  Foto: iStock
 

É por isso que o problema mais crítico de vários líderes ineficazes não está nas práticas de gestão ultrapassadas ou em sua experiência precária, pois tudo isso pode ser resolvido com um bom treinamento. O difícil mesmo é abandonarem crenças limitantes que fundamentam boa parte do seu modo de ser e de agir.

Logo abaixo vou relacionar algumas dessas crenças para você ter ideia do que exatamente estou querendo dizer. Algumas delas fazem parte do seu repertório?

1) "Se você quiser que algo seja bem-feito, faça você mesmo."

Este tipo de mentalidade leva o líder a depositar em si mesmo a responsabilidade de ser o melhor executor do time e aquele que, no final das contas, tem de resolver todo tipo de problema que aparece. No entanto, como sabemos, a centralização excessiva desmotiva os liderados, torna o processo decisório moroso e ainda drena a energia do gestor para as coisas que realmente importam.

2) "Sou assim e pronto."

Se você não acreditar na própria capacidade de crescer e mudar, quem vai acreditar? Alguns líderes se apegam ao determinismo para não precisarem ser corajosos na hora em que se sentem inseguros. O que eles ignoram é que a empresa cresce até a estatura do seu principal executivo. Quando você não evolui como líder o seu negócio, necessariamente, também empaca ou encolhe.

3) "O fracasso não é uma opção."

Pode até parecer bonito e inspirador escutar um dos principais personagens do filme Apolo 13 dizer isso, mas a verdade é que você precisa estar aberto a erros para ser um gestor eficaz. Lembre-se: líderes que não cometem falhas quase sempre são aqueles que também não fazem nada.

4) "A nossa empresa é muito melhor do que a concorrência."

A partir do momento em que a arrogância começa a tomar conta da cabeça do gestor o declínio da companhia é inevitável. Vocês até podem ser a empresa de referência no mercado neste exato momento, mas o que garante que continuarão a sê-lo no futuro? Kodak, Nokia, Sony e Blackberry que o digam.

 5) "Todos os colaboradores são facilmente substituíveis."

Concordo que não existe gente insubstituível em sua empresa, mas algumas pessoas são sim muito difíceis de serem repostas porque elas entregam acima da média. É exatamente esse tipo de mentalidade retrógrada que faz com que várias organizações percam talentos que produzem o mesmo que três ou quatro outras pessoas juntas – e nem se dão conta disso.

6) "O funcionário vai querer ferrá-lo, cedo ou tarde."

Com um pensamento desses o líder tem tudo para criar um ambiente tóxico, pois cada passo dado pelo colaborador inevitavelmente acaba sendo visto com desconfiança, mesmo quando a pessoa apresenta um desempenho fora-de-série. O resultado é que em vez de criar um profundo relacionamento com as pessoas, o líder se mantém frio e distante.

Pense nisso!

Wellington Moreira, palestrante e consultor empresarial

[email protected]