|
  • Bitcoin 121.350
  • Dólar 5,0575
  • Euro 5,2320
Londrina

AOS DOMINGOS PELLEGRINI

m de leitura Atualizado em 06/08/2022, 00:10

Nem véio nem idoso

PUBLICAÇÃO
sábado, 06 de agosto de 2022

Domingos Pellegrini
AUTOR autor do artigo

Foto: Dalva Vidotte/ Arquivo pessoal
menu flutuante

O tempo pegará todos

diz amigo sapiente

e eu digo que já pegou

instante após instante

Portanto somente  resta

quando temos pouco tempo

fazer do tédio uma festa

amando cada momento

 *

O jovem usa o corpo

o velho fala com ele

com os pés e o pescoço

com os joelhos e a pele

Prefiro velho a idoso

palavra que até dá pena

já velho é brincadeiroso

cabendo até em poema

Eu só não gosto de “véio”

essa palavra vulgar

para alguém que ninguém

tem de mandar trabalhar

Trabalho só porque gosto

como amo só quem mereça

e o melhor que me acontece

é o tal suor do rosto

E sou um velho teimoso

com a melhor teimosia

insisto em viver gostoso

toda hora todo dia

 *

Não me venham com histórias

de conquistas e quimeras

a minha esperança não

aceita ódio ou guerra

Nem véio de caducar

nem idoso de dar dó

eu só rejeito jiló

bateu bumbo vou dançar

Por isso quando me dizem

nossa, parece mais moço

digo é porque sou feliz

agradeço até aos ossos

 *

E vou assim navegando

num mar que vai encolhendo

mas nas velas vou colhendo

o vento de tantos quandos

As novidades em ondas

cercando o velho rochedo

um dia irão finalmente

ver sua queda sem medo

no mar de eternamente

*

Selfie: Dalva e Domingos Selfie: Dalva e Domingos
Selfie: Dalva e Domingos |  Foto: Dalva Vidotte/ Arquivo pessoal
 

*

Receba nossas notícias direto no seu celular, envie, também, suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link