|
  • Bitcoin 105.076
  • Dólar 5,1958
  • Euro 5,4254
Londrina

ABRAHAM SHAPIRO

m de leitura Atualizado em 10/06/2022, 16:52

Crescer pode ser um problema se não houver solidez

PUBLICAÇÃO
segunda-feira, 13 de junho de 2022

Abraham Shapiro
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

Atenção, leitores da área de negócios. Todos vocês.

Crescer provavelmente é o verbo mais desejado e falado em quase todas empresas. Acredito que também na sua. “Precisamos crescer”; “Chegou a hora de crescer”...

Mas depois do tanto que vi neste conturbado mundo corporativo, crescer sem solidez e maturidade é uma ilusão – quando não um delírio.  Além disso, crescer sem um planejamento que leve em conta todos os parâmetros envolvidos direta e indiretamente no negócio é o mesmo que implantar o caos com probabilidade certeira de fracasso.

O que é preciso saber antes de dar passos para elevar à próxima fase a sua estrutura de negócios?

Primeiro: juntar o máximo conhecimento de como o seu mercado tem se comportado ao longo do tempo – especialmente num país com tamanha variabilidade de condições, como o Brasil. Conhecimento, aliás, devia ser o elemento fundamental para determinar e cumprir a  missão da sua empresa.

O segundo ponto é ter a mente aberta para considerar mais e além do que você calcula ser o caminho certo a seguir.  Aberta o bastante para contar até com a chance de estar errado em muitos aspectos.

O terceiro ponto é cercar-se de pessoas capacitadas para cumprir a missão e que tenham massa crítica para atuar num projeto concreto de crescimento. Em outras palavras: que não sejam só entusiasmadas ou motivadas – como queira.

Se você tem pessoas desse naipe no seu time, resta-me apenas pedir-lhe que você as ouça. E depois de conhecer os vários pontos de vista que delas virão, coloque tudo num liquidificador mental, ligue-o e analise com todo cuidado o que sairá dali.

Mas sobretudo, saiba que crescer nem sempre é o melhor. Noventa e nove por cento das vezes, o seu negócio terá que se desenvolver muito antes disso.

...

A opinião do colunista não reflete, necessariamente, a da Folha de Londrina.

Receba nossas notícias direto no seu celular, envie, também, suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link link