|
  • Bitcoin 124.850
  • Dólar 5,0741
  • Euro 5,2058
Londrina

Cidades

m de leitura Atualizado em 06/03/2022, 08:02

Programa 'X' Vermelho contra violência vai aos distritos de Londrina

Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres falam sobre violência domésticas e os serviços e atividades ofertados por uma rede

PUBLICAÇÃO
domingo, 06 de março de 2022

Reportagem local
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

Uma equipe da secretaria municipal de Políticas para as Mulheres de Londrina começou a visitar os distritos para falar sobre o programa Sinal Vermelho contra a Violência Doméstica e os serviços ofertados ao público feminino. 

Imagem ilustrativa da imagem Programa 'X' Vermelho contra violência vai aos distritos de Londrina Imagem ilustrativa da imagem Programa 'X' Vermelho contra violência vai aos distritos de Londrina
|  Foto: Divulgação - N.Com
 

O trabalho começou pelos distritos de Paiquerê e Irerê, no fim de semana. Nesta semana, a programação começa na quarta-feira (9), das 14h às 15h30, no Distrito de São Luis. Na quinta-feira (10), das 19h30 às 21h, será em Guaravera. Na sexta-feira (11), das 14h às 15h30, acontecerá no Distrito de Maravilha. Já os moradores da Warta poderão participar no dia 15 de março, das 19h às 20h30. No Distrito do Espírito Santo, a ação será no dia 21 de março, das 14h às 15h30 e, por fim, a última será no dia 23 de março, das 9h às 11h, em Lerroville.

A intenção é explicar sobre o programa de prevenção e socorro para mulheres em situação de violência (Sinal Vermelho), além de expor as atividades que estão elencadas no cronograma do Mês da Mulher organizado pela Prefeitura de Londrina e os serviços disponíveis na rede de assistência e proteção às mulheres.

“A intenção é mostrar às mulheres as atividades que são desenvolvidas em Londrina, por toda a rede. Tem atividades que os administradores distritais disseram que é de interesse das mulheres dos distritos como, por exemplo, a consultoria técnica na área de alimentos, ofertada pelo Centro de Oficinas para as Mulheres em parceria com a UTFPR. Então, vamos fazer essa divulgação”, explicou secretária de Políticas para as Mulheres, Liange Doy Fernandes.

LEIA TAMBÉM:

Secretaria da Mulher retoma as oficinas presenciais em Londrina

SINAL VERMELHO

Em Londrina, a Lei Municipal nº 13.279/2021 regulamenta o programa Sinal Vermelho, que tem como objetivo orientar as vítimas de violência doméstica a pedirem ajuda em casos de agressão (física, psicológica, sexual, patrimonial ou moral). Para isso, basta que as mulheres façam um  “X” vermelho na palma da mão e mostrem para funcionários de repartições públicas ou de estabelecimentos privados, como farmácias, supermercados, lojas comerciais, hotéis, bares, restaurantes, administrações de shopping centers ou portarias de condomínios.

Com isso, esses profissionais devem chamar imediatamente a autoridade policial, através do telefone 190 (Emergência da Polícia Militar), 153 (Guarda Municipal), 180 (Centro de Atendimento à Mulher) ou 181 (Disque Denúncia). O objetivo é que as pessoas identifiquem rapidamente casos de violência doméstica (Lei Federal nº 11.340/2006) e consigam ajudar as vítimas.

PARCERIA

A ação nos distritos é uma parceria da secretaria de Políticas para Mulheres com as secretarias municipais de Agricultura e Abastecimento e de Assistência Social. Faz parte da programação do Mês da Mulher. (Com informações do N.Com)

***

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1