|
  • Bitcoin
  • Dólar
  • Euro
Londrina

Chuva de segunda-feira 5m de leitura Atualizado em 05/01/2022, 16:39

Prefeitura de Cambé repara estragos causados pela chuva

Ruas foram alagadas, rios transbordaram e alguns prédios públicos foram atingidos, mas não houve prejuízo no atendimento à população

PUBLICAÇÃO
quarta-feira, 05 de janeiro de 2022

Daniel Muniz - Especial para a FOLHA
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

Depois de uma chuva forte no fim da tarde de segunda-feira (3), a Prefeitura de Cambé (Região Metropolitana de Londrina) segue com o trabalho de reparo dos estragos. De acordo com a secretaria de Obras, foram aproximadamente 60 milímetros de precipitação acumulada em 25 minutos. A principal região afetada foi a do Novo Bandeirantes, jardim Santo Amaro e bairros vizinhos.

Ponte do jardim Ecoville: transbordamento do córrego Esperança
Ponte do jardim Ecoville: transbordamento do córrego Esperança |  Foto: Divulgação - Prefeitura de Cambé
 

“Houve o transbordamento de calhas na UBS (Unidade Básica de Sáude) 24 horas e na UBS do jardim Santo Amaro, mas não teve prejuízo no atendimento, já que a manutenção começou ainda na noite de segunda”, afirmou Manoel Cícero dos Santos, secretário municipal de Obras.

Também houve danos na Capela Mortuária do jardim Santo André e na Escola Municipal Pedro Tkotz, além de alagamento de ruas, ruptura de tubulações e transbordamento de rios. Algumas ruas tiveram seu asfalto danificado por conta do alto volume de água nos bueiros. Três residências foram atendidas pela Defesa Civil. Segundo o secretário, os reparos estão 70% concluídos e as equipes devem continuar a manutenção durante a semana.

Em alguns pontos, como no bairro Castelo Branco, será necessário um projeto para reformar as galerias pluviais. “É uma área em que foram construídos novos imóveis e teremos que redimensionar e ampliar toda a rede de tubulação para evitar que a água da chuva represe novamente, ocasionando alagamentos”, explicou.

LEIA TAMBÉM:

- Trilhas de ciclismo são opções de lazer em Cambé

- Moradoras de Cambé resgatam simplicidade de presépio

Equipes da secretaria de Obras irão novamente ao jardim Londriville e Campos Verde, locais onde há moradias irregulares sem saneamento básico, na tarde desta quarta-feira (5),  para tentar minimizar os problemas causados por novas chuvas.

Imagem ilustrativa da imagem Prefeitura de Cambé repara estragos causados pela chuva
|  Foto: Divulgação - Prefeitura de Cambé
 

Parte do Rancho Ringo foi alagado, sendo a rua mais atingida a Manga Larga, assim como a rua Bento Munhoz da Rocha Neto, no Bairro Castelo Branco, que recebeu melhorias recentemente . “Já acionamos a empresa responsável para corrigir os problemas”, garantiu Santos.

Nas pontes do Ecoville, Pirapora e Adelino Vieira houve transbordamento de rios. Além disso, 400 metros de grama recém-plantados foram perdidos após serem arrancados pela chuva na Rua Manoel da Borba Gato. No assentamento Londriville a situação foi crítica, pois a água ocasionou alagamento de casas e assim, perdas de mobiliários.

Segundo o Simepar (Sistema Meteorológico do Paraná), o tempo deve continuar instável em Cambé nesta semana, com possibilidade de chuva a qualquer momento na quarta, quinta (6) e sexta (7). No fim de semana, a expectativa é de céu limpo no sábado (8), mas de mais chuva no domingo (9). (Com Secom Cambé)

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1.

instagram

ÚLTIMOS POSTS NO INSTAGRAM