|
  • Bitcoin 150.538
  • Dólar 4,9314
  • Euro 5,2113
Londrina

Cidades

m de leitura Atualizado em 29/03/2022, 14:55

ExpoLondrina terá linha exclusiva de ônibus e alterações no trânsito

CMTU também promete fiscalizar ambulantes que ficam do lado de fora do Parque Ney Braga durante os dias de feira

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 29 de março de 2022

Pedro Marconi - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

Foto: Rodolfo Gaion/CMTU
menu flutuante

A movimentação de pessoas e veículos em razão da ExpoLondrina - que começa na sexta-feira (1º) e vai até 10 de abril, depois de dois anos sem edições por conta da Covid-19 - vai provocar mudanças no trânsito do entorno do Parque Ney Braga, na região oeste, e também no transporte público, além de outros serviços sob responsabilidade da CMTU (Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização). Pelos próximos dez dias, a companhia vai ofertar uma linha exclusiva para a feira, a 351. 

Os ônibus sairão do Terminal Central a partir das 13h, a cada 15 minutos ou conforme a demanda, e passarão no Terminal da Zona Oeste, antes de ir para a feira. Na volta os veículos também vão parar no terminal de integração. “As viagens de retorno ao centro ocorrerão de acordo com o volume de passageiros, já que os veículos ficarão estacionados na entrada do recinto à espera dos usuários. Para facilitar a vida de quem for assistir aos shows e rodeios, o serviço estará disponível, inclusive, até o fim dos espetáculos”, informou a CMTU. 

O trânsito nas ruas dos bairros ao lado da exposição terá modificações que vão alternar conforme o horário e o dia da semana. “Após as 18h algumas ruas serão invertidas. Orientamos para que as pessoas prestem atenção na sinalização que será colocada, que vai direcionar os veículos de forma que o trânsito flua melhor, já que geralmente a noite recebemos maior número de público”, explicou Sérgio Dalbem, diretor de Trânsito da companhia. Aos fins de semana a conversão do sentido das vias vai durar o dia todo. 

CAMINHOS 

Dalbem destacou que são, pelo menos, três rotas principais para chegar ao parque. A que costuma ser mais utilizada é pela avenida Tiradentes, em que os motoristas precisam virar à esquerda no semáforo em frente à Companhia Cacique. “Outra chegada que aconselhamos é passar pela Tiradentes, ir até o trevo com Cambé e voltar pela BR-369. Ou também ir pela PR-445 até o trevo, entrar na alça e ir em direção ao parque de exposições”, elencou. 

Durante o dia os agentes vão atuar em duplas e depois das 18h a equipe será reforçada. “Estaremos orientando o trânsito, indicando os melhores caminhos, mas também fiscalizando para que evitar estacionamento em fila dupla, o que contraria a legislação de trânsito e também pode atrapalhar o fluxo de veículos”, alertou. A limpeza dos bairros em volta acontecerá todos os dias. 

LEIA TAMBÉM: ExpoLondrina está de volta com uma grande agenda de shows

COMÉRCIO ILEGAL 

A CMTU promete fiscalizar os ambulantes que costumam ficar próximos das bilheterias e nos arredores do Parque Ney Braga, já que não foi aberto  credenciamento e não também não foram realizadas solicitações. A princípio, os ambulantes irregulares serão convidados a deixar o espaço. Em caso de reincidência e não atendimento ao pedido dos servidores, eles poderão ser multados e até ter as mercadorias apreendidas. A companhia deve dar mais detalhes sobre este tema nos próximos dias. 

PARCERIA 

O trabalho voltado à segurança da ExpoLondrina também contará com a PRF (Polícia Rodoviária Federal), PM (Polícia Militar) e GM (Guarda Municipal). “É um complexo de ações que vão ocorrer no parque, desde a fiscalização da infração de trânsito, como pessoas mal-intencionadas que pretendem cometer furtos, se aproveitando da aglomeração de visitantes. Nesse momento vamos juntar as forças para fazer com que a segurança do local seja a melhor possível”, pontuou. 

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1.