|
  • Bitcoin 120.340
  • Dólar 5,2070
  • Euro 5,2881
Londrina

Cidades

m de leitura Atualizado em 23/02/2022, 15:10

Endemias de Londrina incentiva descarte correto de lixo

Um dos objetivos de orientar e distribuir sacos de lixo à população é eliminar possíveis criadouros do mosquito transmissor da dengue

PUBLICAÇÃO
quarta-feira, 23 de fevereiro de 2022

Micaela Orikasa - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

A secretaria municipal de Saúde de Londrina confirmou 10 casos de dengue e o total de 1.305 notificações. Sob suspeita, ou seja, aguardando resultados laboratoriais são 769 casos. Os números são da semana passada, mas revelam um crescimento no número de registros da doença em comparação com as primeiras semanas de 2022, quando a cidade possuía 555 notificações e um caso confirmado. 

Imagem ilustrativa da imagem Endemias de Londrina incentiva descarte correto de lixo Imagem ilustrativa da imagem Endemias de Londrina incentiva descarte correto de lixo
|  Foto: LUIS ROBAYO - AFP
 

No 1° LIRAa de 2022, divulgado há cerca de um mês, Londrina apresentou um índice de infestação de 5,51%, valor bem acima do índice de 1% preconizado pela OMS (Organização Mundial da Saúde) e que coloca o município em estado de alerta para dengue e outras arboviroses como Chikungunya, Zika e febre amarela.  

De acordo com a equipe de Vigilância em Saúde, mutirões  do  "Bota Fora Unidos contra a Dengue", em parceria com a CMTU (Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização), ainda não foram realizados neste ano. Porém, ações pontuais são realizadas com a participação direta da população. Sacos de lixo estão sendo entregues nas residências e moradores estão sendo orientados a fazerem a retirada dos objetos em desuso.  

O foco deste trabalho, segundo a secretaria de Saúde é direcionar a população ao descarte correto dos objetos inservíveis e, ao mesmo tempo, eliminar possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti. Desde o início do ano, os agentes de controle de endemias já visitaram 21.664 imóveis. 

LEIA TAMBÉM:

Mutirão da dengue em Cambé recolhe 18 toneladas de lixo

SINTOMAS  

Os sintomas da dengue são: febre alta com início súbito; dor de cabeça e dor atrás dos olhos; manchas vermelhas no corpo; tonturas, náuseas e vômitos; dor no corpo, moleza e cansaço e dor nas articulações. Os sinais de gravidade incluem fortes dores abdominais, sangramento no nariz e gengiva e boca seca.  

SERVIÇO - O Disque Dengue 0800-400-1893 é um canal gratuito para denúncias de possíveis criadouros, seja em imóveis particulares ou áreas públicas.   

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1