Vale do Anhangabaú será aberto ao público com o avanço da vacinação em SP


ALFREDO HENRIQUE
ALFREDO HENRIQUE

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O vale do Anhangabaú, na região central de São Paulo, poderá ser totalmente reaberto ao público, assim como os parques municipais poderão ter o horário de funcionamento ampliado, a partir deste domingo (25). Segundo o prefeito Ricardo Nunes (MDB), para isso acontecer, 80% da população da cidade precisará estar imunizada contra a Covid-19 com ao menos com a primeira dose.

"A prefeitura tomou como regra que o processo de reabertura [de espaços públicos] estará atrelado à vacinação. Ela tem salvado vidas e reduzido o número [de ocupação] de leitos de UTI [Unidade de Tratamento Intensivo] e de enfermagem", afirmou, após participar da reabertura da unidade neonatal, que foi reformada, do Hospital Municipal Professor Doutor Waldomiro de Paula, em Itaquera, na zona leste.

Nunes acrescentou que, até a manhã desta quinta-feira, 75,5% do público eletivo já havia sido vacinado na cidade ao menos com a primeira dose conta a Covid-19.

Isso já possibilitou a reabertura, com tempo reduzido e em caráter experimental, da avenida Paulista, na região central, que voltou a permitir a circulação exclusiva de pedestres na via no último fim de semana, entre as 8h e meio-dia. Isso ocorreu após 70% da população ser vacinada com a primeira dose contra o vírus.

A expectativa da prefeitura é a de que, até sábado (24), a meta de 80% de imunizados seja atingida e até eventualmente ultrapassava. "Voltaremos também ao horário que antecedeu à pandemia de nossos CDCs [Centros Esportivos e Clubes da Comunidade], que hoje funciona m até as 20h e, antes [da pandemia] funcionavam até as 23h e de nossos parques. Cada um deles tem um horário diferenciado, então poderão voltar ao seu horário [de funcionamento] de antes de março de 2020."

Ele disse ainda que, caso todo o público-alvo de 30 anos for imunizado, até o fim desta semana, a cidade pode atingir 84% de sua população vacinada com a primeira dose.

"É muito possível que, até sábado, atinjamos os 80%. Só não posso cravar essa informação ainda pois, para que ela ocorra, precisa de vacina no braço. Mas a probabilidade é muito grande", explicou o prefeito.

Caso ocorra a reabertura do Anhangabaú à população, será instalado no local uma tenda de vacinação, além de serem distribuídas máscaras e disponibilizado álcool em gel às pessoas.

Em 22 de fevereiro, a prefeitura liberou uma área de skate no vale do Anhangabaú. O equipamento, que fica perto do viaduto Santa Ifigênia e da estação São Bento da linha 1-azul do metrô, funciona todos os dias, sem interrupção, e a entrada é livre.

A previsão inicial do município era de que as intervenções fossem finalizadas no local em junho de 2020, mas já foram adiadas seis vezes. A promessa, após isso, foi de que a inauguração ocorreria em 31 de março, o que também não ocorreu.

A Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana e Obras afirmou "se empenhar" para a conclusão do projeto do Vale do Anhangabaú, orçado em R$ 105,6 milhões.

"Deste total, R$ 93,8 milhões correspondem ao valor do contrato e um aditivo, necessário para adequar o projeto básico da obra, feito pela gestão encerrada em 2016, ao projeto executivo, que detalha todas as etapas da obra. Os outros R$ 11,8 milhões correspondem ao reajuste previsto no contrato, com base na lei das licitações, para os casos de obras com duração superior a 12 meses", diz trecho de nota.

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Últimas notícias

Continue lendo