|
  • Bitcoin 123.980
  • Dólar 5,0741
  • Euro 5,2058
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 24/02/2022, 12:15

'Vai faltar um pedaço', lamenta cantor do Calcinha Preta morte de Paulinha Abelha

PUBLICAÇÃO
quinta-feira, 24 de fevereiro de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Daniel Diau, vocalista do Calcinha Preta, lamentou a morte da parceira Paulinha Abelha. A cantora morreu ontem, aos 43 anos, após sofrer o agravamento de lesões neurológicas depois de seis dias em coma.

"Para sempre inesquecível. Como dói. Como vai ser duro entrar naquele palco sem você, vai faltar um pedaço", escreveu o cantor.

Internada desde o dia 11 de fevereiro em Aracaju, a cantora apresentou piora clínica nos últimos dias e teve a morte cerebral constatada ontem.

Em entrevista coletiva realizada na terça-feira, os médicos responsáveis pelo tratamento da cantora informaram que Paulinha estava em escala de Glasgow 3, ou seja, a "mais grave do coma" — uma pessoa saudável tem a escala Glasgow 15.

Os médicos ainda indicaram exames não tinham mostrado qualquer lesão anterior relacionada ao uso de substâncias de cunho estético, como remédios de regime ou diuréticos — o motivo principal que levou ao coma da cantora ainda estava sendo investigado pelos médicos.

Durante a internação, a vocalista do Calcinha Preta foi acompanhada de perto pelo marido, o modelo Cleverton Santos, e pelos companheiros de banda, Daniel Diau, Bell Oliver e Silvânia Aquino.

Wesley Safadão, Juliette, Frank Aguiar e outros famosos usaram as redes sociais para lamentar a morte de Paulinha Abelha. Ela também foi homenageada pela equipe do Calcinha Preta.