|
  • Bitcoin 105.148
  • Dólar 5,2019
  • Euro 5,4318
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 03/03/2022, 12:14

Três a cada dez famílias têm contas atrasadas, maior índice em 12 anos

PUBLICAÇÃO
quinta-feira, 03 de março de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Três a cada dez famílias do país (27%) estão com as contas em atraso, de acordo com a Pesquisa Nacional de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), apurada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), divulgada nesta quinta-feira (3).

Este é o maior patamar desde março de 2010. O aumento é de 0,6 ponto percentual em relação a janeiro e de 2,5 pontos percentuais em relação a fevereiro do ano passado. A parcela que declarou que permanecerá inadimplente é de 10,5%, mesmo percentual de fevereiro de 2021.

"O panorama mostra que, na margem, o custo do crédito mais elevado e o próprio endividamento alto entre as pessoas que vivem no mesmo domicílio dificultam a contratação de novas dívidas e o pagamento dos compromissos na data de seus vencimentos", afirma José Roberto Tadros, presidente da CNC.