|
  • Bitcoin 144.300
  • Dólar 4,8243
  • Euro 5,1624
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 19/03/2022, 10:20

Tempestades podem levar até 200 mm de chuvas para SP e RJ

PUBLICAÇÃO
sábado, 19 de março de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHARPESS) - Uma frente fria de grandes proporções deve atingir parte dos estados do Rio de Janeiro e São Paulo neste fim de semana, causando fortes temporais e acendendo o estado de alerta em algumas cidades para possibilidade de deslizamentos de terra. O Inmet emitiu alerta de perigo das 21h do sábado até as 23h do domingo para precipitações que podem chegar a 60mm por hora e ventos intensos entre 60 e 100 km/h.

De acordo com o Climatempo, o sábado (18) começa com sol na Grande São Paulo, na Baixada Santista, no Litoral Sul e no Vale da Ribeira, mas o tempo começa a mudar no meio da tarde com pancadas de chuva e com "alto potencial de temporais" para o período da noite.

As chuvas devem se estender ao longo de toda a madrugada e na manhã do domingo no estado paulista. As precipitações só devem diminuir na segunda-feira no estado.

O Rio de Janeiro e a zona da mata de Minas Gerais devem ser atingidos pela frente fria com mais impacto a partir do domingo (20). Um estado de alerta foi emitido pelo Climatempo para o Grande Rio, Costa Verde, o sul do estado e área serrana, que ainda se recupera de um temporal sem precedentes que deixou 233 mortos em Petrópolis no dia 15 de fevereiro.

De acordo com o Climatempo, "volumes extremos" de chuva, com mais de 100 milímetros de precipitações em 24 horas, podem ser registrados nas áreas, principalmente no turno da noite.

O Inmet alerta para a possibilidade de rajadas de vento, descargas elétricas e alagamentos entre o sábado e domingo nas seguintes regiões: Vale do Paraíba Paulista, Metropolitana de São Paulo, Macro Metropolitana Paulista, Sul/Sudoeste de Minas, Litoral Sul Paulista, Sul Fluminense.

As previsões do MetSul mostram que o litoral norte de São Paulo pode registrar um acumulado superior a 150 milímetros no fim de semana, chegando aos 200 milímetros em áreas isoladas. Elas também indicam possibilidade que "transtornos e situações de perigo típicas de alerta vermelho, como alagamentos, inundações repentinas e deslizamentos de terra" podem ser esperados para o fim de semana. As áreas de maior risco serão as capitais do Rio de Janeiro e São Paulo, além da região de Angra dos Reis.

Ainda de acordo com o MetSul, na capital carioca, principalmente entre a tarde e a noite do domingo, devem ser registradas fortes rajadas de vento. As chuvas devem ser causadas por causa de uma "infiltração" de umidade marítima que vai se juntar a uma massa de ar frio no Oceano Atlântico -a mesma que teria provocado neve na região da Patagônia na manhã da sexta-feira

Petrópolis

A Defesa Civil de Petrópolis, que continua a procurar por quatro pessoas desaparecidas no dia das chuvas que deixaram 233 mortos, se prepara para a possibilidade de precipitações moderadas e fortes no fim de semana. Em nota, o órgão informou que equipes estão de sobreaviso para atender a possíveis ocorrências e orientou que a população prestasse atenção às sirenes e acionasse o órgão pelo telefone 199 em caso de emergência.

De acordo com o Climatempo, há possibilidade de 25 milímetros de chuva para a cidade no domingo e 130 milímetros para a segunda-feira (21).