|
  • Bitcoin 111.342
  • Dólar 5,2423
  • Euro 5,5322
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 03/03/2022, 21:38

Suspeito de ataque à Porta dos Fundos é extraditado da Rússia para o Brasil

PUBLICAÇÃO
quinta-feira, 03 de março de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

MACEIÓ, AL (UOL/FOLHAPRESS) - O empresário brasileiro Eduardo Fauzi, suspeito de fazer parte do grupo que atacou com coquetel molotov a sede da produtora Porta dos Fundos, no Rio de Janeiro, foi extraditado da Rússia para o Brasil.

Segundo informações do site russo Argument i Fakty, Eduardo deixou o país acompanhado por dois policiais brasileiros da Interpol, com destino final no Rio de Janeiro. Ele estava preso desde setembro de 2020, após ser detido no Aeroporto Internacional de Koltsovo, a 1.786 quilômetros de Moscou, capital da Rússia. A extradição do economista só foi autorizada em janeiro deste ano.

Na Rússia, Eduardo Fauzi morou com a mãe de seu filho, até ser descoberto pela Interpol e, posteriormente, preso pelas autoridades daquele país. Na ocasião, a defesa do suspeito alegou que ele havia viajado a fim de encontrar um amigo. O empresário chegou a pedir asilo, mas a Rússia não aceitou.

A reportagem entrou em contato com a defesa de Eduardo Fauzi e com a PF (Polícia Federal), mas ainda não obteve retorno. Quando a resposta for enviada, esta matéria será atualizada.