|
  • Bitcoin 101.900
  • Dólar 5,3317
  • Euro 5,5605
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 20/01/2022, 15:44

SP libera a vacinação em crianças sem comorbidade nesta quinta; veja calendário

PUBLICAÇÃO
quinta-feira, 20 de janeiro de 2022

ISABELLA MENON
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O governador João Doria (PSDB) iniciou, nesta quinta-feira (20), a vacinação de crianças de 6 a 17 anos com o imunizante Coronavac.

A escola Estadual Brigadeiro Faria Lima, em Perdizes, zona oeste de São Paulo, foi onde a vacinação aconteceu. A expectativa é vacinar 100 crianças do colégio ainda nesta quinta.

O primeiro imunizado com a Coronavac foi o aluno do 5º ano e um dos integrantes do grêmio estudantil chamado Caetano de Jesus Martins Moreira. Na hora de receber o imunizante, ele disse que não estava com medo. "É só uma picada", afirmou o garoto.

Após acompanhar a imunização de 11 crianças, Doria explicou o calendário da vacinação. De acordo com o governador, a expectativa é que em três semanas o grupo seja imunizado com a primeira dose.

No estado, serão vacinadas 4 milhões de crianças, a expectativa é imunizar 250 mil por dia. A Pfizer será liberada para crianças de 5 anos. Já os pequenos de 6 a 11 anos serão vacinados com a Coronavac.

Do dia 20 de janeiro a 30 janeiro serão vacinadas crianças de 9 a 11 anos de idade e de 5 a 11 anos com comorbidades, deficiências, indígenas e quilombolas. Do dia 31 de janeiro a 10 de fevereiro, serão imunizadas crianças de 5 a 8 anos de idade e, também, os pequenos com comorbidades, deficiências, indígenas e quilombolas.

"Nossa meta é acelerar a vacinação para garantir uma volta às aulas segura", disse o governador.

*

CALENDÁRIO DE VACINAÇÃO EM SP

20 a 30 de janeiro - 1ª dose

- Crianças de 9 a 11 anos de idade

- Crianças de 5 a 11 anos com comorbidades, deficiências, indígenas e quilombolas

31 de janeiro a 10 de fevereiro - 1ª dose

- Crianças de 5 a 8 anos de idade

- Crianças de 5 a 11 anos com comorbidades, deficiências, indígenas e quilombolas