|
  • Bitcoin 141.421
  • Dólar 4,8152
  • Euro 5,1437
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 28/02/2022, 18:17

Shell afirma que deixará parcerias com empresa russa Gazprom

PUBLICAÇÃO
segunda-feira, 28 de fevereiro de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - A empresa europeia Shell afirmou em nota divulgada na tarde de hoje que tem a intenção de deixar suas parcerias de ativos com a empresa russa Gazprom. A decisão foi tomada no quinto dia de invasão do país comandado por Vladimir Putin à Ucrânia.

Atualmente, a marca tem 27,5% de participação na instalação de gás liquefeito Skhalin-II e 50% na empresa Salym Petroleum Development.

"Nós não podemos e não iremos apoiar isso. Nosso foco imediato é a segurança das nossas pessoas na Ucrânia e o suporte das nossas pessoas na Rússia", diz trecho do posicionamento da marca, atribuído ao CEO da empresa, Ben van Beurden.

Segundo a marca, no fim de 2021. as participações em ativos com a empresa russa somavam US$ 3 bilhões (equivalente a R$ 15 bilhões). O lucro da marca em Sakhalin e Salyn foi de US$ 700 milhões (equivalente a R$ 3,6 bilhões).