|
  • Bitcoin 121.473
  • Dólar 5,1665
  • Euro 5,2544
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 07/03/2022, 19:13

Saúde diz que Nunes pode liberar máscaras em locais abertos, mas prefeito vai esperar governo de SP

PUBLICAÇÃO
segunda-feira, 07 de março de 2022

FÁBIO ZANINI
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), recebeu relatório de cenário epidemiológico da Secretaria Municipal da Saúde que avalia que já é possível liberar o uso de máscaras em ambientes abertos na capital.

O documento afirma que, considerando o avanço vacinal e o cenário da pandemia na cidade, é possível retirar a obrigação do uso de máscaras ao ar livre, em ambientes como ruas e parques.

O texto também recomenda a manutenção do uso das proteções em locais fechados e a continuidade das medidas não farmacológicas, tal como a higienização das mãos.

Antes de considerar a liberação na capital, Nunes decidiu encaminhar o relatório ao governo de São Paulo, para que seja incorporado às avaliações sobre a desobrigação do uso de máscaras no estado.

Segundo mostrou o jornal Folha de S.Paulo, o governador João Doria (PSDB) se prepara para comunicar o fim da obrigatoriedade do uso de máscara em ambientes abertos em todo o estado de São Paulo a partir da quarta-feira (9). A medida está em vigor desde maio de 2020, em razão da pandemia de Covid-19.

Nesta terça (8), o governador, secretários estaduais e o Comitê Científico da Covid-19 terão uma reunião com a expectativa para fechar todo o trâmite da liberação.

A princípio, a máscara só poderá ser tirada em via urbana e ambientes a céu aberto —como área externa de bares e restaurantes, além de parques e praças, por exemplo.

No Rio de Janeiro, o Comitê de Enfrentamento à Covid-19 orientou nesta segunda-feira (7) a liberação do uso de máscaras em ambientes fechados na capital fluminense.

Com isso, a cidade se tornou a primeira capital do país a abolir totalmente o uso do item.