|
  • Bitcoin 150.087
  • Dólar 4,9314
  • Euro 5,2249
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 17/03/2022, 21:27

Saque de até R$ 1.000 do FGTS será pelo Caixa Tem (1)

PUBLICAÇÃO
quinta-feira, 17 de março de 2022

CRISTIANE GERCINA
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O governo federal vai liberar o saque de até R$ 1.000 do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) a partir do dia 20 de abril, segundo anúncio feito nesta quinta-feira (17). O calendário seguirá até o dia 15 de junho. A medida faz parte do pacote de estímulo à economia.

O pacote inclui ainda a antecipação do 13º dos aposentados e pensionistas do INSS e outras medidas para os trabalhadores, como microcrédito para empreendedores e liberação de consignado para quem ganha BPC (Benefício de Prestação Continuada) e Auxílio Brasil.

COMO SERÁ A RETIRADA DOS VALORES?

O saque será totalmente digital, por meio do aplicativo Caixa Tem. Nele, será possível fazer compras e pagamentos de contas, além de transferir os valores para outras contas e realizar o saque, inclusive por meio de Pix.

O trabalhador já pode conferir se tem saldo no fundo e se a empresa atual ou o ex-empregador fizeram o depósito corretamente. Segundo a Caixa Econômica Federal, 42 milhões poderão fazer o saque de até R$ 1.000 do FGTS, somando R$ 30 bilhões liberados.

A conferência dos valores é feita no extrato do Fundo de Garantia, disponível pelo aplicativo FGTS. Quem ainda não tem o aplicativo pode baixá-lo na loja de seu celular. Caso já tenha, talvez seja necessário atualizar a versão para poder usar. O saque também será feito por meio do app.

O trabalhador pode acompanhar, no app do FGTS, se o empregador está depositando os valores corretamente, mês a mês. Também é possível fazer esse acompanhamento por SMS. A mensagem é enviada diretamente para o celular cadastrado. O cadastro pode ser feito no aplicativo e nas agências da Caixa.

ENTENDA COMO FUNCIONA O FGTS

O Fundo de Garantia por Tempo de Serviço é uma espécie de "poupança compulsória" do trabalhador, que tem como objetivo a proteção dos profissionais que trabalham com carteira assinada. O empregador deve depositar, todo mês, 8% do salário do profissional em uma conta em nome dele.

Na demissão, o trabalhador pode fazer o saque dos valores. Se for sem justa causa a mando do empregador, há ainda o pagamento de 40% de multa sobre o saldo do fundo. Se pedir demissão, não há como fazer a retirada, mas há outras situações em que é possível sacar os valores, como aposentadoria e compra da casa própria, por exemplo.

No primeiro ano da pandemia de coronavírus, em 2020, o governo liberou o saque emergencial do FGTS, com um calendário de liberações conforme a data de nascimento do trabalhador. A possibilidade para sacar os valores do FGTS, de até um salário mínimo na época (R$ 1.045), terminou no final daquele ano.

De acordo com a Caixa, o saque emergencial do FGTS, que foi estabelecido pela medida provisória 946/20, "totalizou em R$ 24,2 bilhões sacados, beneficiando 31,7 milhões de trabalhadores".

COMO É A RETIRADA DO DINHEIRO ATUALMENTE

Pelas regras atuais da Caixa, o saque do FGTS de valores até R$ 1.500 pode ser feito nas lotéricas, nos Correspondentes Caixa Aqui e nos caixas eletrônicos para quem tem Cartão do Cidadão e senha.

Nas demais situações, o saque dos recursos pode ser realizado em qualquer agência da Caixa, com documento de identificação. Dependendo do caso, porém, há um tipo de documentação que deve ser apresentada.

Em 2020 e em 2017, as transferências do dinheiro do FGTS para uma conta em nome do trabalhador era feita pela internet, em um site próprio, e pelo aplicativo do Fundo de Garantia. Há ainda uma nova modalidade, o saque digital, serviço disponível desde fevereiro de 2020.

Nele, o profissional acessa o aplicativo do FGTS para consultar os valores já liberados e solicitar o saque, indicando uma conta de sua titularidade em qualquer banco, sem necessidade de ir até uma agência.

*

VEJA O CALENDÁRIO DE SAQUE DO FGTS 2022

Mês de nascimento - Data de depósito

Janeiro - 20 de abril (quarta)

Fevereiro - 30 de abril (sábado)

Março - 4 de maio (quarta)

Abril - 11 de maio (quarta)

Maio - 14 de maio (sábado)

Junho - 18 de maio (quarta)

Julho - 21 de maio (sábado)

Agosto - 25 de maio (quarta)

Setembro - 28 de maio (sábado)

Outubro - 1 de junho (quarta)

Novembro - 8 de junho (quarta)

Dezembro - 15 de junho (quarta)

VEJA O PASSO A PASSO PARA CONSULTAR O SALDO NO APP FGTS

- Abra o app e clique em "Entrar no aplicativo"

- Aparecerá a frase "FGTS deseja usar caixa.gov.br para iniciar sessão"; vá em "Continuar"

- Informe seu CPF, vá em "Não sou um robô", selecione as imagens pedidas e vá em "Verificar"; em seguida, clique em "Próximo"

- Digite sua senha e vá em "Entrar"; caso não se lembre, clique em "Recuperar senha"

- O sistema pedirá para você cadastrar uma conta bancária, caso não queira fazer isso, vá em "Voltar para a tela inicial"

- Na tela inicial, aparecerão as informações relativas às empresas que trabalhou

- O saldo de valores da empresa atual ou da última empresa na qual trabalhou aparece no topo da tela; é a primeira; clique sobre ela para ver as movimentações

- Para guardar os dados, clique em "Gerar extrato PDF" e salve em seu celular

- Para ver todas as empresas nas quais trabalhou, vá em "Ver todas as suas contas"

- O último depósito bancário estará informado na tela inicial, no quadro cinza

SAIBA COMO FAZER O SAQUE NO APLICATIVO FGTS

O saque do FGTS mudou em 2020, o que pode facilitar a retirada dos valores pelo trabalhador. Agora, não será mais preciso ir até uma agência da Caixa para conseguir retirar o dinheiro, como ocorria antes. Veja como fazer:

- Acesse o app FGTS e clique em "Entrar no aplicativo"

- Aparecerá a frase "FGTS deseja usar caixa.gov.br para iniciar sessão"; vá em "Continuar"

- Informe seu CPF, vá em "Não sou um robô", selecione as imagens pedidas e vá em "Verificar"; em seguida, clique em "Próximo"

- Digite sua senha e vá em "Entrar"; caso não se lembre, clique em "Recuperar senha"

- O sistema pedirá para você cadastrar uma conta bancária, caso não queira fazer isso, vá em "Voltar para a tela inicial"

- Na página, inicial, vá em "Meus saques", que fica em um círculo laranja, abaixo

- Escolha a situação de saque que quer fazer: se é saque-rescisão (por demissão); saque-aniversário ou outras situações

- Escolha a opção de saque, ou seja, por qual motivo vai fazer a retirada dos valores

- Vá em "Sacar"; nesta tela, serão indicados os documentos que devem ser enviados à Caixa, caso seja necessário

- Escolha se quer "Creditar em conta" ou "Sacar presencialmente"

PARA QUEM VAI PEDIR A TRANSFERÊNCIA DIGITAL DOS VALORES

- Há duas opções na próxima tela: escolha se quer receber pela "Conta da Caixa" ou "Contra Outros Bancos"

- Aceite o termo de consentimento e, depois, clique em "Continuar"

- Quem optar por receber na Caixa deve confirmar a conta que aparece na tela e clicar em "Continuar" (neste caso, essa será sua conta de recebimento de qualquer valor relacionado ao FGTS)

- Quem optar por receber em outros bancos deve informar nome e número do banco

- O sistema pedirá tipo da conta, agência e número da conta; informe-os e, depois, clique em "Confirmar"

- Confira seus dados e vá em "Confirmar" novamente para conseguir a transferência

PARA QUEM VAI PEDIR A TRANSFERÊNCIA PRESENCIAL

- ​Escolha a opção "Sacar presencialmente"

- Na próxima tela, vá em "Continuar"; será necessário enviar os documentos que serão solicitados e também fazer uma selfie que o sistema irá pedir (faça conforme as orientações do aplicativo)

- Escolha o documento que irá usar, se é RG, CNH, passaporte, carteira de trabalho, identidade militar ou identificação de estrangeiro e clique em "Continuar"

- Tire a foto do documento e envie; depois, clique em "Próximo documento"

- Será necessário tirar uma selfie com o documento ao lado do seu rosto e clicar em "Continuar"

- Vá em "Gostei da foto", para enviá-la

- Em seguida, aceite o documento em que declara que as imagens enviadas são autênticas e clique em "Confirmar"

- Aparecerá a mensagem de que a Caixa recebeu seus documentos e que irá analisá-los; vá em "Continuar o saque"

- Verifique os dados informados e vá em "Confirmar saque"; a análise leva até cinco dias úteis

- Acompanhe a liberação pelo aplicativo para saber quando poderá fazer a retirada do dinheiro pessoalmente