|
  • Bitcoin 103.111
  • Dólar 5,3237
  • Euro 5,5372
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 24/02/2022, 19:10

Rio Tocantins sobe a 12 m e já deixa 2,5 mil famílias desalojadas no PA

PUBLICAÇÃO
quinta-feira, 24 de fevereiro de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Rio Tocantins atingiu a marca de 12,07 metros nesta quinta-feira (24), segundo a Defesa Civil. O nível da água está dois centímetros acima do dia anterior. Ainda, de acordo com a corporação, já foram registradas 1.051 famílias em abrigos e 2.485 desalojadas. Os trabalhos de assistência continuam na região.

Segundo Marcos Andrade, assessor da Defesa Civil, as equipes do órgão não irão cessar as atividades durante o feriado de carnaval. "Nós continuaremos as mudanças, a entrega de benefícios e as equipes de saúde continuarão os atendimentos nos abrigos", afirma.

Até agora, foram cadastradas 797 famílias ribeirinhas e 862 famílias ilhadas, que permanecem em suas residências no piso superior.

A Defesa Civil do município realiza a entrega de benefícios aos afetados com a cheia e já realizou mais de cem mudanças desde sábado (19) em parceria com o Exército Brasileiro.

O órgão ainda afirma que está recebendo doações como cestas básicas, itens de limpeza e roupas.

Em janeiro, o nível do rio já havia atingido a marca de 13,04 metros - sete metros além do habitual. Na ocasião, a prefeitura de Marabá classificou a ocorrência como "um dos maiores desastres naturais [local] dos últimos dez anos".

Segundo Semas (Núcleo de Monitoramento Hidrometeorológico da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade), o volume de chuvas projetado para a região dos rios Tocantins e Araguaia no mês de março pode ocasionar novamente o repique do nível do rio Tocantins em Marabá.

"O nível do rio subiu acendendo o sinal de alerta ainda em dezembro do ano passado. O que ocorre na região tem influência direta da chuva que cai nas cabeceiras dos rios Tocantins e Araguaia, localizadas entre o norte de Goiás e sul de Tocantins (no caso do rio Tocantins) e também no extremo leste de Mato Grosso (em relação ao rio Araguaia)", explicou Saulo Carvalho, coordenador do Semas. É esperado que as chuvas elevem o nível do rio até os 12,5 metros. "Após isso, é esperado que o nível do rio Tocantins se estabilize e depois tenha a tendência de queda", concluiu.