|
  • Bitcoin 151.067
  • Dólar 4,9391
  • Euro 5,2112
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 22/03/2022, 15:16

Quarta dose para 70 anos ou mais começa no dia 29 na cidade de São Paulo

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 22 de março de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo começará a aplicar na terça-feira (29) a quarta dose da vacina contra a Covid-19 em idosos a partir de 70 anos.

Para receber a vacina é preciso ter tomado a terceira dose há pelo menos quatro meses. A vacinação será feita com os imunizantes disponíveis, segundo a pasta.

A vacinação ocorrerá nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde) e AMAs (Assistências Médicas Ambulatoriais) Integradas, das 7h às 19h, além dos megapostos e drive-thrus, das 8h às 17h.

Os idosos que estão nas Instituições de Longa Permanência ou acamados e impossibilitados de se locomoverem até as unidades serão vacinados pelas equipes de ESF (Estratégia Saúde da Família).

Para se vacinar, é necessário apresentar um documento de identificação, preferencialmente CPF ou cartão do SUS, além da carteirinha com o registro das doses recebidas anteriormente.

Dos 556 mil paulistanos com mais de 70 anos, 450.347 estão elegíveis para receberem a quarta dose.

Na última sexta-feira (18), a secretaria começou a aplicar a quarta dose em idosos a partir de 80 anos. Para o secretário municipal da Saúde, Edson Aparecido, adiantar a segunda dose de reforço é proteger ainda mais os idosos contra o coronavírus nesta fase da pandemia.

"A logística de vacinação construída pela gestão municipal permanece para imunizar toda a população contra a Covid-19 na cidade de São Paulo", afirmou.

Até esta segunda (21), a capital aplicou 29.228.750 doses de vacina contra a Covid-19, sendo 11.693.918 primeiras doses, 10.715.918 segundas doses, 347.946 doses únicas, 6.440.878 primeiras doses adicionais e 30.090 segundas doses adicionais, incluindo adultos imunossuprimidos com mais de 18 anos.

A cobertura vacinal da população com mais de 18 anos está em 110,1% para primeira dose, em 106,1% para a segunda, 69,7% para a primeira dose adicional e 0,3% para a segunda adicional.

Em adolescentes de 12 a 17 anos, foram aplicadas 972.534 primeiras doses (cobertura de 115,2%) e 850.422 segundas doses (100,8%).

Em crianças de 5 a 11 anos, foram aplicadas 905.236 primeiras doses (83,6%) e 419.672 segundas doses (38,7%).