|
  • Bitcoin 106.344
  • Dólar 5,2504
  • Euro 5,5226
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 18/01/2022, 16:33

PSB diz que quer apoiar Lula, mas critica PT por 'visão exclusivista'

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 18 de janeiro de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O presidente do PSB, Carlos Siqueira, criticou, em entrevista ao jornal Correio Braziliense publicada nesta terça-feira (18), o que chamou de "visão exclusivista" do PT. O pessebista diz querer apoiar Lula na disputa pela Presidência, mas pede que os petistas definam uma prioridade.

"Uma visão exclusivista. Não diria hegemônica, porque é natural de quem tem a maioria, mas exclusivista, e que é uma visão que precisa ser superada. Não só para unir a esquerda, mas para ampliar o centro."

Para Siqueira, o PT precisa escolher direcionar esforços para a disputa por governos estaduais ou para a presidência da República.

"Nós estamos dispostos a colaborar com a eleição de Lula, mas também queremos que o PT esteja disposto a colaborar com as nossas candidaturas. Porque, afinal de contas, serão elas todas palanques do presidente Lula por todo o país", disse Siqueira.

Em São Paulo, por exemplo, o PSB quer lançar Márcio Franca, que, segundo Siqueira, só não será candidato se ele próprio não se quiser. No mesmo estado, o PT tem a intenção de colocar Fernando Haddad na disputa para governador.

"Essas decisões têm implicações sobre as da federação [partidária]. Elas não são separadas, porque, se você faz a federação, ela só pode ter um candidato por estado. Funciona como se fosse um partido. Então, na medida que houver decisões que conflitem demasiado com o PSB, isso vai dificultando a possibilidade de a federação se concretizar."