|
  • Bitcoin 105.223
  • Dólar 5,2228
  • Euro 5,4757
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 03/03/2022, 09:29

Procuradoria do Tribunal de Haia investigará Putin por possíveis crimes de guerra

PUBLICAÇÃO
quinta-feira, 03 de março de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O procurador-chefe do Tribunal Penal Internacional, corte responsável por julgar crimes de guerra, confirmou nesta quarta-feira (2) que abrirá imediatamente uma investigação sobre possíveis crimes de guerra supostamente cometidos na Ucrânia. A decisão vem após um pedido de 39 Estados-membros do tribunal.

"Esses encaminhamentos permitem que meu escritório prossiga com a abertura de uma investigação sobre a situação na Ucrânia a partir de 21 de novembro de 2013, abrangendo quaisquer alegações passadas e presentes de crimes de guerra, crimes contra a humanidade ou genocídio cometidos em qualquer parte do território da Ucrânia por qualquer pessoa ", disse Karim Khan.

A data destacada pelo procurador remete ao início da Euromaidan, como ficaram conhecidos os protestos pró-Ocidente em Kiev, que se desencadearam após o então presidente ucraniano, Viktor Yanukovich, se negar a continuar com o processo que colocaria a Ucrânia na União Europeia. O evento culminou na morte de mais de 130 pessoas e, meses depois, na fuga de Yanukovich para a Rússia.

Na última sexta (25), o chanceler da Ucrânia, Dmitro Kuleba, disse acreditar que a Rússia deve ser julgada por crimes de guerra, citando ataques a uma escola do ensino básico e a um orfanato atribuídos à Rússia.