|
  • Bitcoin 153.201
  • Dólar 5,0493
  • Euro 5,2524
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 21/03/2022, 16:09

Plataforma educacional criada por governo paulista é citada em publicações da Unesco

PUBLICAÇÃO
segunda-feira, 21 de março de 2022

MÔNICA BERGAMO
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Plataforma de Atividades e Avaliação Formativa de São Paulo, criada pela Secretaria Estadual da Educação (Seduc-SP) para auxiliar estudantes, professores e gestores durante a pandemia, foi citada em duas publicações internacionais da Unesco.

A iniciativa está listada no livro "Learning to Build Back Better Futures For Education: Lessons From Educational Innovation During the Covid-19 Pandemic", coordenado pelo professor Fernando Reimers, da Universidade de Harvard, e pelo pesquisador Renato Opertti, da Unesco.

Na obra são apresentados projetos de educação desenvolvidos por diferentes países para superar as dificuldades do ensino durante a pandemia, quando as aulas presenciais foram suspensas.

A plataforma educacional adotada em São Paulo foi viabilizada em uma parceria da Seduc-SP com a Fundação Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação (Caed), da Universidade de Juiz de Fora (UFJF).

Coordenador do Caed, Carlos Palacios é um dos autores do capítulo que fala sobre a iniciativa paulista. "O objetivo [da plataforma] foi acompanhar a aprendizagem dos alunos e reforçar o desenvolvimento de habilidades essenciais em um momento atípico de ensino remoto", diz ele.

O projeto do governo paulista é abordado ainda no livro "Diálogos por un Nuevo Contrato Social para la Educacion", também coordenado pelo professor Fernando Reimers, e que reúne reflexões sobre o futuro da educação.