|
  • Bitcoin 102.500
  • Dólar 5,2536
  • Euro 5,4984
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 08/03/2022, 12:07

'Não há possibilidade do MDB estar com Lula ou Bolsonaro', diz Simone Tebet

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 08 de março de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL-FOLHAPRESS) - A senadora Simone Tebet (MDB-MS), pré-candidata à Presidência, disse que não há possibilidade do seu partido apoiar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ou o atual mandatário Jair Bolsonaro (PL) na disputa pela Planalto este ano.

"É muito difícil o MDB recuar. [...] Tenho convicção que não há possibilidade do MDB estar com Lula ou Bolsonaro. O MDB tem pré-candidatura, vai ter candidatura própria. Nós fazemos parte de um projeto chamado 'centro democrático'", afirmou, durante o evento "Um olhar para o futuro: a corrida presidencial de 2022", realizado pela corretora de investimentos XP ontem (7).

Pesquisa PoderData divulgada no último dia 2 pelo site Poder360 mostra Tebet com apenas 1% das intenções de voto no primeiro turno. Lula com 40%, à frente de Bolsonaro, que ficou com 32%. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) aparece com 7%, o ex-juiz Sergio Moro (Podemos), com 6%, Eduardo Leite (PSDB), com 3%, João Doria (PSDB), com 2% e André Janones (Avante), 2%.

"O centro democrático está se afunilando, muitos já ficaram pelo caminho. O PSD discute se vai lançar ou não, União Brasil tinha o ex-ministro [Luiz Henrique] Mandetta, agora não sabe se tem, existe a federação entre o Cidadania e PSDB, que já elimina uma candidatura. E assim segue suscetivamente", disse a senadora.

Apesar da baixa pontuação nas pesquisas, Tebet afirma que pode ser a representante da chamada "terceira via" na disputa. "Lá na frente vamos ver se vamos nos unir ou não. Eu tenho convicção que tenho condições de ser essa candidatura da convergência."