|
  • Bitcoin 142.883
  • Dólar 4,8157
  • Euro 5,1554
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 22/02/2022, 19:26

Morre o empresário Ivoncy Brochmann Ioschpe, da Iochpe-Maxion

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 22 de fevereiro de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Morreu nesta terça-feira (22), aos 82 anos, o empresário Ivoncy Brochmann Ioschpe, presidente emérito do Conselho de Administração da Iochpe-Maxion, fabricante de rodas e autopeças.

Ioschpe, que morreu em São Paulo, foi diretor presidente da empresa até 1998 e era presidente do conselho desde 2014. A causa da morte do empresário não foi informada.

Segundo a empresa, a trajetória profissional dele foi marcada pelo empreendedorismo e visão de futuro. "O Sr. Ivoncy sempre buscou novas oportunidades de negócios para a Iochpe-Maxion. Foi assim com a entrada da companhia em diversos setores de atividades e, por fim, com a consolidação de suas atividades nos segmentos automotivo e ferroviário."

A companhia também lembra que o legado do empresário se estendeu aos campos social e humano, por meio da Fundação Iochpe, focada em qualificação profissional de jovens.

Gaúcho, ele era viúvo da socióloga e colecionadora de artes Evelyn Ioschpe, morta em 2019. Naquele ano, o casal havia cedido, em comodato, 300 obras de artistas modernos e contemporâneos brasileiros para a Pinacoteca de São Paulo.

Em nota, a Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) lamentou a morte do empresário, destacando que ele teve uma trajetória bem-sucedida e construiu sua vida profissional com visão empreendedora e olhar para o futuro.

"Por seis anos, deu valiosas contribuições para o debate econômico no Conselho Superior de Economia da Fiesp. Teve ainda atuação destacada no campo social ao apoiar a educação e as artes, deixando, assim, um legado incontestável para a indústria e para o país", disse a Fiesp.

O presidente da federação, Josué Gomes da Silva, também destacou por meio de nota que a morte de Ioschpe é uma perda para a indústria, a economia nacional e o Brasil.

"Empreendedor nato, democrata convicto, líder empresarial de extrema competência, ao lado de sua amada Evelyn sempre atuou em iniciativas de responsabilidade social, notadamente na educação e na cultura", disse Gomes da Silva. O presidente da Fiesp acrescentou que, para Ivoncy, o trabalho somente faz sentido com um olhar mais amplo de seus resultados para a sociedade.

O empresário deixa dois filhos, sendo um deles o presidente do Sindipeças (Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores), Dan Ioschpe.