|
  • Bitcoin 122.530
  • Dólar 5,1122
  • Euro 5,2119
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 22/02/2022, 18:34

Morre Mark Lanegan, ícone do grunge e ex-líder do Screaming Trees, aos 57 anos

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 22 de fevereiro de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Morreu nesta terça (22) o cantor Mark Lanegan, ex-vocalista da banda Screaming Trees e um pioneiro do grunge, aos 57 anos. A informação foi divulgada por meio do perfil do artista no Twitter.

"Nosso querido amigo Mark Lanegan faleceu esta manhã em sua casa em Killarney, na Irlanda", destaca o comunicado. "Um amado cantor, compositor, autor e músico, ele tinha 57 anos e deixa sua esposa Shelley. Nenhuma outra informação está disponível no momento. Pedimos, por favor, respeito à privacidade da família". A causa da morte não foi informada.

Destaque no final dos anos 1980 e início dos anos 1990, o cantor e compositor foi líder do Screaming Trees, a banda mais psicodélica do grunge. Sua voz grave também deu peso a composições do guitarrista e compositor Gary Lee Conner no início da banda, antes de assumir um papel mais ativo.

Foi membro rotativo do Queens of The Stone Age e parceiro de artistas como Isobel Campbell, ex-Belle and Sebastian, e o vocalista do Afghan Whigs, Greg Dulli. Desde 1989, mantinha carreira solo também abrangente, seguindo também por estilos como o folk e o blues.

Com o Screaming Trees, alcançou as paradas da Billboard com os singles "Nearly Lost You" e "All I Know".

No ano passado, relatou suas dificuldades quando foi infectado pela Covid-19 no livro "Devil in a Coma" --ou diabo em coma. Entre elas, enfrentou surdez e entrou em coma diversas vezes enquanto estava infectado.