|
  • Bitcoin 183.807
  • Dólar 5,0398
  • Euro 5,3318
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 22/03/2022, 12:19

Michelle Bolsonaro aparece tão pouco, não sei o que ela faz, diz viúva de Jango

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 22 de março de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Maria Thereza Goulart se tornou a primeira-dama quando João Goulart assumiu a presidência do país, em 1961. Ela, com pouco mais de 20 anos, foi a mais jovem a assumir esse posto. Se sua idade exata permanece um mistério, sua beleza é insuspeita.

Mais de 60 anos depois, sua visão sobre a atual primeira-dama é de dúvida. Atualmente, diz desconhecer as funções de Michelle Bolsonaro. "Eu não a vejo, ela aparece tão pouco. Não sei o que ela faz", afirma, em entrevista à Folha de S.Paulo.

Entre as mulheres de presidentes, Maria Thereza não esconde a admiração pelo trabalho de Ruth Cardoso, morta em 2008, antropóloga e professora universitária que foi casada com Fernando Henrique Cardoso.

Maria Thereza também ficou conhecida como ícone fashion --afinal, sua amizade com o estilista Dener Pamplona de Abreu ajudou a fundar a moda brasileira. Uma peça baseada em biografia sua, publicada em 2019, entra agora em cartaz no teatro Eva Herz.

"Os diálogos ali reproduzidos são idênticos aos que eu tinha com Dener. Ele foi um dos amigos que mais lamentei perder", diz ela, sobre "Maria Thereza e Dener", do diretor Ricardo Grasson. A montagem mostra cenas em que ela desfilava na Granja do Torto para aprender, sob o escrutínio do amigo, a caminhar com elegância. Também entendeu como deveria se sentar. E, sobretudo, o que fazer numa festa de desconhecidos. "Dener foi um guru na minha vida", afirma.