|
  • Bitcoin 102.453
  • Dólar 5,3317
  • Euro 5,5605
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 08/03/2022, 15:47

MBL convoca militância para 'combater' postagens contra Arthur do Val

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 08 de março de 2022

FÁBIO ZANINI
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Lideranças do MBL (Movimento Brasil Livre) têm convocado os membros do grupo a uma ofensiva virtual contra postagens a respeito do deputado estadual Arthur do Val, o Mamãe Falei (Podemos), alvo de críticas desde que vazaram áudios de teor sexista de sua autoria a respeito de mulheres ucranianas.

Renan Santos, líder do MBL que viajou para a Ucrânia com Do Val, diz em áudio aos apoiadores obtido pela coluna Painel, da Folha de S.Paulo, que as estratégias políticas e de mídia estão em andamento, mas que eles devem marcar presença virtualmente.

"O que dá para fazer agora? Vocês precisam ir para o Twitter. Vocês precisam fazer o combate nas postagens de pessoas que estão atacando a gente. E nas nossas próprias postagens. Vocês têm que postar várias coisas no Twitter", afirma.

"A gente não precisa puxar hashtag agora, mas a gente tem que dar volume. É um absurdo o que está acontecendo. E outra coisa, teve esse fato novo, a cassação do Kim [Kataguiri] começou a andar. Isso é um lance de tiragem do jogo. Precisamos atuar nisso agora", completa.

Em outro áudio, Ricardo Almeida, coordenador do MBL na Bahia e um dos gestores da Academia MBL (plataforma de cursos do grupo), diz que passará uma "missão" para os apoiadores na crise.

"A gente está sofrendo um ataque duríssimo, que está ampliando imensamente o que aconteceu. Estão querendo cassar o mandato do Arthur do Val, que é um dos melhores parlamentares que a gente tem e um dos melhores quadros do MBL. E isso é muito sério. Estão fazendo uma campanha contra ele", defende Almeida.

"O que a gente vai pedir para vocês, veteranos da Academia MBL? Que vocês, em todos os posts, em todos os lugares que houver comentários sobre o Arthur do Val, seja no G1, seja no Instagram, seja em perfis de outras pessoas, que vocês comentem defendendo o Arthur. A gente está sob pressão e quer muito a ajuda de vocês agora. Missão da Academia MBL. Onde vocês estiverem e virem que estiver tendo um ataque, vocês defendam o Arthur", conclui.

Em nota de sua assessoria de imprensa, o MBL confirma a autoria do áudio de Almeida.

"Trata-se de uma instrução para a militância do movimento reagir à campanha desproporcional contra Arthur do Val. Sabendo que o deputado já barrou aumento de impostos, reduziu salários da Assembleia durante a pandemia e sempre apresentou um excelente trabalho, é esperado que haja sim uma defesa por parte dos apoiadores, visto que a cassação é completamente descabida", diz a nota.

Arthur do Val, o Mamãe Falei, viajou ao leste europeu com a justificativa de que ajudaria a população ucraniana.

Em áudios divulgados na sexta-feira (4), ele afirma que as ucranianas são "fáceis" de pegar por serem pobres —e que a fila de refugiados da guerra tem mais mulheres bonitas do que a "melhor balada do Brasil".

"Elas olham [para ele, Arthur] e vou te dizer: são fáceis porque elas são pobres. E aqui, cara, minha carta do Instagram, cheio de inscritos, funciona demais. Funciona demais. Depois eu conto a história", disse o deputado nos áudios.