|
  • Bitcoin 101.980
  • Dólar 5,3317
  • Euro 5,5605
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 04/03/2022, 09:23

Maria Bopp diz que Blogueirinha do Fim do Mundo abriu portas no humor

PUBLICAÇÃO
sexta-feira, 04 de março de 2022

MARTHA ALVES
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Famosa pela personagem Blogueirinha do Fim do Mundo, no Instagram, a atriz Maria Bopp , 30, dá vida agora a uma outra blogueira. Dessa vez uma serial killer, na série de suspense com doses de humor "As Seguidoras", produção da Paramount+, com seis episódios, que serão disponibilizados neste domingo (6).

Na trama, a blogueira que posta conteúdo sobre vida saudável leva sua obsessão por ganhar "seguimores" e likes às últimas consequências. Após ser ameaçada por uma pessoa, ela acaba cometendo um assassinato para evitar o cancelamento e, a partir disso, se torna uma assassina em série. Em uma das cenas ela afirma: "É mais fácil matar, esquartejar, ocultar um cadáver do que passar pelo tribunal da internet."

Maria afirma que aceitou logo de cara o convite para o papel e não se incomodou em interpretar outra blogueira. Ela queria mesmo era fazer outra protagonista, após o sucesso da personagem Bruna Surfistinha na série "Me Chamo Bruna" (2016-2020), produzida e exibida pela Fox Premium.

"A Blogueirinha do Fim do Mundo é diferente porque é uma personagem que não sai da tela. A minha blogueirinha só existe nos tutoriais, ela não é um personagem tridimensional com uma construção profunda", explica ela, que se diz animada com Liv, sua primeira protagonista em uma série de comédia.

Para Bopp, antes da Blogueirinha do Fim do Mundo, ninguém a enxergava como uma atriz capaz de fazer humor. Foram seus posts ácidos em que ela imita o estereótipo de uma influenciadora alienada para fazer críticas sociais e políticas que isso mudou, e lhe deu a oportunidade atual.

"A Blogueirinha do Fim do Mundo abriu essa porta para mim e eu acho que a Liv consolidou. O mercado tende a te enxergar como a última coisa que você fez. Se eu fiz uma personagem dramática, que era uma garota de programa, me chamavam para fazer uma personagem que orbitava em volta desta temática".

Para construir a personagem, a atriz teve consultoria de uma especialista em desvendar a mente de assassinos, a criminóloga Ilana Casoy, que explicou o perfil psicológico e como agem serial killers. Ela também pesquisou bastante sobre blogueiras e assassinos em série para tentar entender onde esses dois mundos se interligam.

"Eu entendi que esses mundos se interligam na vontade de ter notoriedade. E de certa forma o que a Liv como blogueira tem é isso. Ela quer mais seguidores, mais engajamentos, mais destaque e isso é um ponto de conexão entre esses dois mundos."

Bopp começou a atuar na série "Oscar Freire 279" (2011), do Multishow, quando ainda cursava faculdade de audiovisual e tinha o sonho de trabalhar atrás das câmeras. Ela conta que recebeu o convite de uma produtora, fez o teste e iniciou as gravações. Nesta época, ela não quis seguir como atriz.

"Eu não me sentia atriz, eu sentia que foi uma experiência que eu vivi. Eu adorei atuar, mas na época eu ainda tinha um pouco de vergonha, não mostrava, não admitia para mim mesma. Só que a frente das câmeras me puxou e uma hora eu deixei de resistir."

Quatro anos depois, Márcia Faria, a mesma diretora da série que Maria estreou como atriz, a convidou para fazer um teste para interpretar Bruna Surfistinha na série da Fox Premium, baseada na história real de uma garota de programa. "Eu passei no teste e admiti para mim mesma que eu sou uma atriz."

Mas, para Bopp, o grande divisor de águas na sua carreira é sem dúvida nenhuma a Blogueirinha do Fim do Mundo, personagem que ela criou, no final de 2019, durante um exercício teatral, que abordava o fim do mundo.

O primeiro vídeo da personagem foi publicado em seu canal no Instagram em janeiro de 2020. Era um tutorial de maquiagem politizado e irônico no qual ela ensinava, entre outras coisas, a passar corretivo no rosto como se espalhasse fake news. Em pouco tempo, ela ganhou reconhecimento.

"Logo no primeiro vídeo eu ganhei 100 mil seguidores e fui ganhando cada vez mais ao longo dos vídeos que eu fazia", diz a atriz que, hoje, possui 1,1 milhão de seguidores no Instagram e mais de 62 mil no YouTube.

Desde dezembro de 2020, a personagem ganhou um quadro no programa Saia Justa (GNT). Ela apresenta esquetes livres ou de temas debatidos no programa. "A Blogueirinha do Fim do Mundo consolidou para mim um lugar de criadora dos meus próprios personagens, do meu conteúdo."