|
  • Bitcoin 121.438
  • Dólar 5,1665
  • Euro 5,2533
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 03/03/2022, 12:13

Macron e Putin conversam durante 1h30 sobre guerra na Ucrânia

PUBLICAÇÃO
quinta-feira, 03 de março de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Os presidentes Emmanuel Macron, da França, e Vladimir Putin, da Rússia, conversaram durante 1h30, nesta quinta-feira (3), sobre a guerra na Ucrânia.

Foi a terceira conversa entre os dois líderes desde o início dos conflitos. Na semana passada, quando Moscou iniciou a campanha militar na Ucrânia, Macron pediu a Putin, por telefone, a imediata suspensão das ofensivas no país.

Nesta quinta, Putin disse ao político francês que os objetivos da Rússia na Ucrânia serão "alcançados de qualquer maneira". O russo ainda afirmou que eventuais tentativa de Kiev para adiar as negociações levarão Moscou a adicionar mais itens à sua lista de demandas.

Macron, por sua vez, afirmou que Putin está cometendo "um grande erro" e que o russo está "mentindo para si mesmo". "[A guerra] vai custar caro ao seu país. A Rússia vai acabar isolada, enfraquecida e sob sanções por muito tempo", disse.

Além de falar com o líder russo, o político francês também voltou a conversar com o presidente Volodimir Zelenski. O ucraniano disse que o país não se renderá.

Macron foi um dos primeiros líderes ocidentais a tentar criar um diálogo com Putin nas semanas que antecederam a invasão. A visita dele ao Kremlin, no mês passado, em meio a uma série de movimentos diplomáticos, foi marcada pela conversa de mais de cinco horas que teve com o presidente russo sentado na ponta oposta de uma mesa gigante de cerca de 5 metros.

No oitavo dia da invasão russa na Ucrânia, separatistas pró-Moscou em Mariupol ameaçam a estratégica cidade portuária com novos bombardeios. O conflito já deixou mais de 1 milhão de refugiados, segundo a ONU.