|
  • Bitcoin 107.550
  • Dólar 5,3298
  • Euro 5,5585
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 10/03/2022, 13:10

Luisa Mell recebe brasileira da Ucrânia com Michelle Bolsonaro e prepara encontro com Lula

PUBLICAÇÃO
quinta-feira, 10 de março de 2022

MÔNICA BERGAMO
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A ativista ​Luisa Mell promove na segunda (14), em São Paulo, um almoço com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e 20 ONGs para apresentar propostas para a área de proteção animal.

"Vamos expor o nosso trabalho, as nossas necessidades e quais são as políticas necessárias para esse setor como a castração pública de animais", diz.

A ideia, segundo ela, é conversar também com outros presidenciáveis. "Assim como os candidatos quando vão concorrer a um cargo público sentam com empresários, com o agronegócio e com outros setores da sociedade, o objetivo é que também sentem com as organizações de proteção animal e do meio ambiente, já que esta é uma pauta fundamental para o mundo.", afirma.

Na noite de terça (15), Luisa Mell organiza um outro evento. Será um jantar com artistas como Fábio Porchat e Preta Gil para falar sobre as preocupações com os oceanos. O fundador da ONG Sea Shepherd, Paul Watson, participa online do evento, assim como Tulsi Gabbard, ex-deputada norte-americana. A mediação do encontro será do jornalista Glenn Greenwald.

"A ideia é juntar este grupo para discutir a conservação da vida marinha, aprender sobre o assunto e depois levar essa conscientização para o grande público", afirma.

A convite da primeira-dama Michelle Bolsonaro, Luisa Mell foi receber, na manhã desta quinta (11), em Brasília, a bióloga Vanessa Rodrigues Granovski, que faz parte do grupo de brasileiros que moravam na Ucrânia e voltam ao país em aviões da FAB (Força Aérea Brasileira).

Grávida, a brasileira enfrentou diversas dificuldades para deixar o país em guerra. Vanessa também ficou desesperada quando descobriu que não poderia levar o seu cachorro Thor no voo da FAB. Foi quando conseguiu o telefone de Luisa e contou para ela a situação.

A ativista publicou no seu Instagram um vídeo emocionado pedindo às autoridades para que os animais fossem liberados no voo. Após grande repercussão, a solicitação foi atendida.

"Estou emocionada de poder fazer parte desta história", disse Luisa. Michelle e o presidente Jair Bolsonaro (PL) também foram recepcionar o grupo.

Luisa Mell já estava em Brasília desde quarta (10), quando participou em frente ao Congresso do Ato pela Terra, protesto que reuniu artistas e movimentos sociais contra o que chamam de pacote da destruição, uma série de projetos criticados por ambientalistas.

A ativista já se manifestou anteriormente contra políticas adotadas por Bolsonaro que não preservam o meio ambiente e contribuem para a devastação. Mas pondera que reconhece quando o governo tem ações importantes na área.

"Sim, o Bolsonaro atendeu os nossos apelos desesperados [para que as pessoas pudessem embarcar com seus animais no voo] e a Michelle certamente ajudou. Mais uma vez, obrigada", afirmou ela no Stories do Instagram.