|
  • Bitcoin 125.206
  • Dólar 5,1420
  • Euro 5,3127
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 10/03/2022, 17:44

Kremlin anuncia corredor humanitário diário para a Rússia sem combinar com Kiev

PUBLICAÇÃO
quinta-feira, 10 de março de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Rússia anunciou, nesta quinta-feira (10), que vai abrir corredores humanitários para retirar civis da Ucrânia que queiram ir em direção a cidades russas. A medida virá sem a coordenação com Kiev, que negou, na última segunda (7), o plano do Kremlin de enviar os refugiados para dentro de suas fronteiras, além das de Belarus, ditadura aliada de Vladimir Putin.

De acordo com a agência de notícias russa Interfax, os corredores serão abertos diariamente a partir das 10h. "Declaramos oficialmente que os corredores humanitários em direção à Federação Russa serão abertos unilateralmente, sem qualquer coordenação" disse Mikhail Mizintsev, chefe do Centro de Controle de Defesa Nacional da Rússia.

"Garantimos total segurança nos territórios controlados pelas Forças Armadas russas", acrescentou. A Rússia ainda pediu para que funcionários da Cruz Vermelha e da ONU ajudem a difundir a informação para os ucranianos. Até agora, segundo o governo russo, mais de 187 mil ucranianos escolheram se refugiar no país vizinho.

O anúncio vem horas depois de o ministro das Relações Exteriores da Ucrânia, Dmitrio Kuleba, pedir diretamente a seu homólogo russo, Serguei Lavrov, ajuda na abertura de corredores humanitários para a retirada de civis -o que aconteceu nos últimos dois dias, com grande trânsito de ucranianos dentro do próprio país e em direção ao exterior, como a Polônia, Hungria e Eslováquia.

Na ocasião, Kuleba criticou a postura do colega russo, que segundo o ucraniano, não tinha autonomia para tomar as decisões e precisava levar as propostas para a análise de Moscou.