|
  • Bitcoin 121.615
  • Dólar 5,0547
  • Euro 5,2170
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 08/03/2022, 12:12

Jornalistas deixam a Rússia devido à censura da guerra

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 08 de março de 2022

IGOR GIELOW
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Levantamento feito pelo site independente russo Agentstvo indica que ao menos 150 jornalistas deixaram a Rússia desde o início da guerra na Ucrânia, em 24 de fevereiro.

São profissionais de meios independentes como o jornal Novaia Gazeta e o site Meduza, assim como de estrangeiros como Bloomberg, BBC e Rádio Liberdade. O movimento coincide com a censura militar imposta ao país, onde quem for acusado pelo governo de espalhar o que o Kremlin considere mentiras sobre a "operação militar especial" (o termo guerra é vetado) pode pegar até 15 anos de cadeia.