|
  • Bitcoin 120.200
  • Dólar 5,1649
  • Euro 5,2600
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 03/03/2022, 18:47

Governo Bolsonaro concede visto humanitário a ucranianos

PUBLICAÇÃO
quinta-feira, 03 de março de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL-FOLHAPRESS) - O governo de Jair Bolsonaro (PL) concedeu hoje visto humanitário a ucranianos, afetados pelo conflito armado com a Rússia, até o dia 31 de agosto de 2022. A portaria, assinada pelos ministros das Relações Exteriores, Carlos França, e da Justiça, Anderson Torres, foi publicada em edição extra do DOU (Diário Oficial da União).

"O disposto nesta Portaria vigorará até 31 de agosto de 2022 e não afasta a possibilidade de outras medidas que possam ser adotadas pelo Estado brasileiro para a proteção dos nacionais ucranianos e apátridas residentes na Ucrânia", acrescenta.

Na última segunda-feira (28), o presidente Bolsonaro já havia dito que permitiria a entrada de ucranianos no Brasil através de vistos humanitários.

"Conversei agora com o Carlos França? Nós vamos abrir a possibilidade de ucranianos virem ao Brasil através de visto humanitário, que é mais fácil de vir pra cá", disse ele, durante entrevista ao programa "Pingos nos Is", da Jovem Pan News.

O Brasil já adotou medidas semelhantes em outros casos, como no de imigrantes haitianos e de refugiados sírios e, mais recentemente, de afegãos.

Apesar desse gesto de acolhimento dos ucranianos, o presidente tem defendido uma posição de neutralidade do Brasil no conflito entre Rússia e Ucrânia, alegando, de maneira geral, questões econômicas como a dependência do país em relação a fertilizantes de origem russa.