Ex-presidente americano Bill Clinton é internado nos EUA


SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O ex-presidente americano Bill Clinton, de 75 anos, foi internado em um hospital da cidade de Irvine, na Califórnia, devido à infecção no trato urinário, segundo informou a rede de TV CNN.

"O [ex-]presidente Clinton foi levado para o UC Irvine Medical Center e foi diagnosticado com uma infecção. Ele foi admitido na UTI para acompanhamento rigoroso e recebeu antibióticos e fluidos intravenosos." Dr. Alpesh Amin, presidente de medicina do UC Irvine Medical Center, e a Dra. Lisa Bardack, médica assistente, disseram em comunicado.

Os médicos disseram ainda que após dois dias de tratamento, sua contagem de glóbulos brancos está diminuindo e que Clinton está respondendo bem aos antibióticos. "A equipe está em contato direto com o time médico do ex-presidente em Nova York, incluindo o seu cardiologista", acrescentaram.

A infecção não estaria relacionada com a covid-19. Clinton se encontra em "vias de recuperação" e "com bom humor", segundo informou o porta-voz do ex-presidente, Angel Ureña.

O democrata foi submetido a uma cirurgia cardíaca quádrupla de bypass em 2004 e teve dois stents inseridos para abrir uma artéria em 2010. Outros problemas de saúde do ex-presidente incluem ainda a extração de um carcinoma das costas, em 2001, a remoção de uma lesão pré-cancerosa do nariz, em 1996, e a retirada de um cisto benigno do peito um ano antes. Além disso, Clinton sofreu de problemas normais que acompanham o envelhecimento, como colesterol elevado e perda da audição.

Natural no estado americano do Arkansas, Bill Clinton foi o 42º presidente dos Estados Unidos por dois mandatos, entre 1993 e 2001. Ele é casado com a ex-candidata à presidência Hillary Clinton. Além de responsável por um dos melhores períodos econômicos da história dos EUA, a administração Clinton ficou marcada pelo escândalo sexual envolvendo o então presidente e a estagiária da Casa Branca Monica Lewinsky.

Infecção de Clinton é uma das mais comuns

A infecção do trato urinário (ITU), mais conhecida como "infecção urinária", é um dos tipos de infecção bacteriana mais comuns no ser humano, conforme explicou reportagem publicada pelo VivaBem, plataforma de saúde e bem-estar do UOL. Quase sempre, é causada por micro-organismos que ficam nas fezes sem provocar doença, mas que, por alguma razão, entram no canal urinário, ou seja, onde não podiam entrar.

Quando limitado ao trato urinário baixo, ou seja, a bexiga, a condição recebe o nome de cistite e costuma ser resolvida sem problemas com antibiótico. Se a infecção "subir" para o trato urinário alto, passando pelo ureter até os rins, a condição passa a ser chamada de pielonefrite e pode ser muito perigosa, pois há risco de as bactérias caírem na circulação sanguínea, causando febre e até uma infecção generalizada.

Devido a mudanças associadas ao envelhecimento ou a eventuais doenças crônicas, os idosos podem não ter os sintomas clássicos de infecção urinária, o que leva ao atraso no diagnóstico. A pessoa pode não sentir dor ao urinar, por exemplo, e não apresentar febre mesmo que as bactérias já tenham atingido os rins. Em vez disso, pode ter sonolência ou confusão mental. Por isso é importante ficar atento a mudanças de comportamento.

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Últimas notícias

Continue lendo