|
  • Bitcoin 149.495
  • Dólar 4,9314
  • Euro 5,2126
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 22/02/2022, 17:29

Evan Rachel Wood abre o jogo sobre abusos de Marilyn Manson em documentário

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 22 de fevereiro de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - A HBO acaba de divulgar o primeiro trailer completo de "Phoenix Rising" (A Ascensão da Fênix), documentário dividido em duas partes que relata os abusos vivenciados pela atriz Evan Rachel Wood, 34 anos, do músico Marilyn Manson, 53, com quem ela se relacionou entre 2007 e 2010.

"Estou aqui hoje [terça (22)] para falar sobre Brian Warner, mais conhecido por todos como Marilyn Manson", declara a atriz de filmes como "Tudo Pode Dar Certo" (2009) e "O Seu Jeito de Amar" (2014) logo no início do vídeo, com menos de dois minutos de duração.

O documentário conta também com depoimentos de parentes de Wood a respeito do caso. "Ele tem formas calculadas de manipular as pessoas. Ele fez lavagem cerebral nela. Ele é um predador", declara a mãe da atriz, Sara Lynn Moore, em outro trecho do trailer.

"Esta é a primeira vez que não sou posta em dúvida, questionada ou envergonhada. É a primeira vez que sou simplesmente ouvida. [A sensação é] de ser acreditada", afirma ainda Evan, nos segundos finais do vídeo.

"Phoenix Rising" tem lançamento confirmado para o dia 15 de março, tanto no canal HBO como na plataforma HBO Max. O documentário tem direção de Amy Berg, conhecida por seu trabalho no filme de terror "Livrai-nos do Mal" (2014).