|
  • Bitcoin 143.700
  • Dólar 4,8231
  • Euro 5,1483
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 14/03/2022, 18:46

EUA descartam envio de tropas para a Ucrânia e dizem não ter interesse em Terceira Guerra Mundial

PUBLICAÇÃO
segunda-feira, 14 de março de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - "Não temos interesse em uma Terceira Guerra Mundial", avisou a porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, nesta segunda-feira (14), ao ser questionada por uma jornalista da Fox News sobre qual seria o limite dos EUA para entrarem, de fato, na guerra na Ucrânia contra as tropas russas.

Em um embate de perguntas e respostas, Psaki encerrou a discussão dizendo que "colocar tropas americanas na Ucrânia para lutar contra a Rússia" não é do interesse nacional americano.

"Qualquer presidente precisa balancear como ele lida com o mundo, como ele deixa bem claro que aquelas ações [tomadas pelo presidente russo, Vladimir Putin] são horríveis e não aceitáveis, mas também levando em conta o nosso próprio interesse nacional", defendeu.

Até agora, disse Psaki, os americanos continuarão apoiando a Ucrânia apenas com ajuda econômica, humanitária e com o envio de armas. Além disso, a porta-voz afirmou que a Casa Branca tem apoiado as negociações entre russos e ucranianos, mas disse não ter evidências de que o Kremlin esteja agindo com "boa-fé" nas conversas para o fim da guerra.

"Nós não estamos vendo nenhuma evidência neste momento de que o presidente Putin esteja fazendo algo para parar o ataque ou desescalá-lo", afirmou.

Ainda na coletiva de imprensa, Psaki disse que a China sentirá "significativas consequências" caso resolva apoiar a Rússia militarmente ou economicamente. Ela, porém, não deu detalhes específicos de como a Casa Branca reagiria.