|
  • Bitcoin 147.817
  • Dólar 4,9383
  • Euro 5,2267
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 18/03/2022, 09:40

Especialista em BBB, Tati Machado já quis ser atriz e sonha ter um programa

PUBLICAÇÃO
sexta-feira, 18 de março de 2022

LEONARDO VOLPATO
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A vida da jornalista Tati Machado, 30, se tornou uma prova de resistência por causa do Big Brother Brasil. Fanática pelo programa, ela é a principal responsável pela cobertura do reality dentro da Globo e, com isso, tem ganhado cada vez mais espaço na emissora. Hoje, marca presença, de segunda a sexta-feira, no Encontro e, aos sábados, no É de Casa (Globo), sempre atualizando o telespectador sobre os brothers.

Mas com essa rotina, será que Tati tem ao menos os domingos para descansar do programa? Bom, mais ou menos. "Graças a Deus, meu marido entende e me apoia. Os domingos de folga se tornam os melhores do mundo. Mas se rolar de jantar fora, por exemplo, precisa ser mais cedo para eu poder voltar para casa e ver ao BBB. Domingo pega fogo e segunda-feira tem Encontro", diz Tati, aos risos.

Nem mesmo os festejos com as amigas estão livres do assunto Big Brother Brasil. "Se eu saio com elas precisa ter BBB na TV. Quando perco algo fico nas redes o tempo todo para ficar por dentro de cada detalhe", garante a jornalista, que afirma não ficar chateada com isso não. Pelo contrário.

"Nada paga o fato de eu ser chamada de 'a menina do BBB' na rua agora. Claro que preciso abrir mão de algumas coisas, mas faço adaptações. Não tem peso, pode vir o desafio que for que eu encaro. Meu trabalho acontece de forma orgânica", afirma ela, que já festeja, além do reconhecimento do público, amizades como a de Fátima Bernardes. "Minha grande inspiração", afirma sobre a apresentadora.

O dia a dia de Tati Machado começa por volta das 5h30. Logo pela manhã, toma café lendo as atualizações e vendo vídeos sobre o que aconteceu na madrugada na casa mais vigiada do Brasil. Uma pessoa da equipe do Encontro separa os destaques que podem ser ditos no programa e bate com ela às 8h. Quando os assuntos que serão abordados são definidos, Fátima Bernardes fica sabendo por mensagem de texto. Só depois disso que acontece a reunião final antes de o Encontro entrar ao vivo.

E o trabalho não acaba aí, não. Tati tem uma nova reunião, às 14h, para debater o que terá na atração do dia seguinte, além de começar os preparos para os destaques do É de Casa. "De noite eu assisto ao BBB, vejo o que podemos destacar, acompanho as redes sociais, consumo tudo, faço anotações e só após o programa que eu durmo. Descanso umas quatro horas por noite".

A exposição na TV fez a popularidade de Tati crescer também na internet. Hoje, ela conta com mais de 175 mil seguidores no Instagram, algo inimaginável quando ela começou no Grupo Globo, em 2013, ainda como estagiária ajudando na produção de conteúdo para o site GShow. Suas primeiras aparições foram como entrevistadora dos eliminados do BBB, algo que hoje é feito por Rafa Kalimann.

A desenvoltura diante das câmeras veio dos oito anos de teatro que fez na infância e na adolescência. Entre 2000 e 2001, Tati também fez participações no programa Gente Inocente, com Márcio Garcia. Na ocasião, fazia danças e atuações mirins para homenagear artistas como Cláudia Raia e Miguel Falabella. "Anos depois, quando voltei a trabalhar na Globo, senti o mesmo calafrio de quando tinha 9 anos", lembra.

Tati conta que seu sonho sempre foi ser atriz ou jornalista, mas com o passar dos anos a segunda opção se mostrava mais forte. "Sonhava em ser famosa, eu dava entrevistas para as minhas bonecas. Agora, quando me reconhecem na rua até de máscara, fico impactada. Fico de cara, penso: 'estou famosinha, como assim?' Amo meus fãs", completa.

E com vários fãs e elogios, Tati já escolheu o feedback que mais gosta de ouvir: "o de que sou gente como a gente". "Tenho conexão forte com um público que vê na TV uma pessoa que foge dos padrões que estamos acostumados. Tenho essa representatividade forte e sou uma extensão deles. Recebo mensagens que me fazem chorar, de quem diz que se inspira em mim e que melhorou a autoestima ao me ver", explica.

Feliz com todo o reconhecimento, Tati afirma que está realizada com a atual -e desgastante- fase. Mas sonhar já faz parte de sua vida desde a infância e isso nunca mudará. "Sobre ter um programa meu, existe, sim, essa vontade, mas creio no tempo. Ele já trouxe coisas incríveis. Estou pronta para o que der e vier. Antes, eu entrava no camarim dos famosos, hoje eu tenho um para chamar de meu."