|
  • Bitcoin 152.729
  • Dólar 5,0617
  • Euro 5,2708
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 14/03/2022, 11:54

Emma Watson faz discurso no Bafta e fãs veem alfinetada em J.K. Rowling

PUBLICAÇÃO
segunda-feira, 14 de março de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Internautas estão apontando uma crítica à escritora J.K. Rowling na fala que Emma Watson, 31, proferiu no palco do Bafta Film Awards deste domingo (13).

A atriz, que interpretou a bruxa Hermione Grainger nos filmes adaptados dos livros de Rowling, apresentou o prêmio de Melhor Filme Britânico na premiação. Na ocasião, Rebel Wilson chamou Watson ao palco dizendo: "Aqui, para apresentar o próximo prêmio, está Emma Watson. Ela se diz feminista, mas todos sabemos que ela é uma bruxa".

"Estou aqui para todas as bruxas", respondeu Watson, enfatizando o "todas", o que fez alguns espectadores entenderem a frase como uma "cutucada" ao comentário que J.K. Rowling fez em 2020 sobre gêneros.

Nas redes sociais, internautas dividiram suas opiniões entre aqueles que apoiavam a fala da atriz e aqueles que acreditavam que a crítica não cabia àquele momento. "Ela [Emma Watson] deve muito a ela [J.K.]. Ela precisa parar de morder a mão que a alimenta", disse um. "Isso foi uma brincadeira de Emma Watson para J.K. Rowling? Que rainha!", escreveu outro.

Em 2020, a autora das histórias de Harry Potter compartilhou um artigo sobre "pessoas que menstruam" no Twitter. "'Pessoas que menstruam'. Tenho certeza que costumava haver uma palavra para essas pessoas. Alguém me ajude? Wumben? Wimpund? Woomud? (modificações propositais da palavra "Woman", inglês para mulher)", disse ela na ocasião.

Críticos apontaram que as visões de Rowling igualavam feminilidade à menstruação, enquanto muitos homens transexuais menstruam, e muitas mulheres, não. Rowling disse que seus comentários não tinham o objetivo de ofender a comunidade transexual, apenas sublinhar que "o sexo é real e tem consequências vívidas".

"Respeito o direito de todas as pessoas transexuais de viverem da maneira que seja autêntica e confortável para elas. Eu protestaria com vocês se vocês forem discriminados com base em serem trans", escreveu Rowling, no Twitter. "Ao mesmo tempo, minha vida foi moldada por ser mulher. Eu não acredito que seja odioso dizer isso."