|
  • Bitcoin 124.231
  • Dólar 5,0950
  • Euro 5,2657
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 11/03/2022, 09:10

Durante Prova do Líder, Arthur comenta sobre rivalidade com Jade

PUBLICAÇÃO
sexta-feira, 11 de março de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Ao longo da madrugada desta sexta-feira (11) de Prova do Líder de Resistência, Arthur Aguiar e Laís conversaram sobre as estratégias de Jade Picon no Big Brother Brasil 22 (Globo). A influenciadora foi eliminada como mais de 84% dos votos depois de atender o Big Fone, ser emparedada e puxar o ator, seu maior rival no programa, para o Paredão.

Durante a conversa com a médica, o ator comentou que Jade não usou uma estratégia correta que lhe garantiria pelo menos mais uma semana na casa. Sobre ser puxado por ela ao Paredão, o ator comentou: "Ela foi na emoção e eu, no lugar dela, não teria feito isso".

Laís, que era aliada da ex-sister, comentou que Jade mostrava-se decidida em resolver o duelo entre eles, quando o brother opinou sobre essa estratégia: "Entendi, mas é isso, você coloca tudo em risco. Você joga pôquer? No pôquer tem uma jogada que você pega todas as suas fichas e coloca todas as suas jogadas. Aí, jogou tudo, perdeu...".

Ele finalizou seu raciocínio: "É um risco que ela poderia ter adiado um pouco mais. Ela ficaria mais tempo no programa e poderia criar mais situações, sei lá".

RIVALIDADE COM RESPEITO

Em conversa com Rafa Kalimann, na Rede BBB, a influenciadora afirmou que até gostava de algumas coisas na rivalidade desenvolvida com o ator, como o respeito que se mantinha mesmo durante as desavenças dos dois. "Tinha muito respeito", disse ela.

"Nunca chegamos, a não ser no Jogo da Discórdia, a se confrontar. A gente se cumprimentava, ficava no mesmo ambiente, não era uma coisa de xingar, de faltar respeito, era uma coisa de jogo", afirmou Jade, que revelou se sentir bem posicionada na casa por conta dos amigos do quarto lollipop e do namoro com Paulo André.

Questionada se Arthur era fujão ou jogador por não tê-la confrontado diretamente, Jade avaliou que era "uma estratégia". "Eu via ele sempre com muita calma e foi isso que me fez tentar resolver, não aguentava mais ver minhas amigas saindo. A discussão dele com a Laís foi a gota d'água. Essa briga era mais minha do que dela."

Jade recordou alguns momentos dos 51 dias em que ficou no reality e concluiu que o período mais "gostoso" foram as duas semanas em que ela conquistou a liderança. Mas no balanço final, ela concluiu que viveu de tudo no programa. Além da liderança, ela atendeu Big Fone, venceu uma Prova Bate e Volta, além de outros momentos.

A influenciadora ainda comentou seu discurso de que doaria o prêmio caso ganhasse o programa. "É realmente o que eu faria com o prêmio. Meu intuito era ganhar, mas a experiência, a vivência e poder fazer disso algo melhor. E senti necessidade de falar sobre isso porque sei as questões que poderiam ter surgido", disse.

CONVERSA COM ARTHUR

Já fora da casa, Jade deu entrevista ao Mais Você de Ana Maria Braga na última quarta-feira (9) e contou que pretende bater um papo com Arthur Aguiar fora do confinamento para resolver sua situação com ele.

"Eu tinha claro na casa que tem a coisa do jogo e a vida aqui fora. Aqui [fora] com certeza vamos conversar, pois o jogo fica para trás. Mas lá tinha rivalidade direta. Não sentia abertura nem vontade de abraçar", disse ela.

Olhando de fora, Jade começou a perceber que talvez não tenha tomado as melhores atitudes. Ela disse, inclusive, que se soubesse da popularidade do rival não o teria colocado na berlinda pela terceira vez.

"Não tinha certeza de que eu ganharia a disputa, tanto que estava bem nervosa. Tinha certeza que tinha feito a coisa certa de acordo com minha visão de jogo. Estava com rivalidade que queria que fosse resolvida. Ao atender o Big Fone, fui coerente em colocar meu rival direto. Passei a ter confiança de que tinha feito a coisa certa, paguei para ver."

Segundo ela, as informações chegam de forma truncada e não é possível acertar o tempo inteiro. "Lá dentro você tem pensamento e você pode seguir. Tive intuição e quis bater nessa tecla e deu no que deu. Tendo a visão de fora da casa seria mais inteligente eu ter buscado outra possibilidade ao atender o Big Fone. Mas na hora não me veio outra opção."

Jade contou que sentirá falta de tudo no BBB e que ficou muito feliz em ouvir do Tadeu que ela marcou história no reality. Ela também disse que não tem ideia de como ficará o quarto Lollipop com sua saída.

Perguntada por Ana Maria Braga se a rivalidade com Arthur poderia ser uma paixão, Jade não pestanejou. "Já estava com romance na casa e me via bem posicionada nesse quesito. Tinha meu rival, meu namoradinho. Ele é só meu adversário, nada de paixão", disse.

Outro arrependimento demonstrado pela ex-sister foi com relação a fala dela ao defender sua permanência. Na ocasião, revelou que doaria o prêmio de R$ 1,5 milhão para cinco instituições e usou disso para tentar ficar na casa.

"Queria doar e quis expor isso que iria doar o dinheiro. Vendo agora é louco a visão de dentro e de fora. No momento pareceu que era o certo a se falar. Mas poderia ter falado outra coisa."

"Não tinha certeza de que eu ganharia a disputa, tanto que estava bem nervosa. Tinha certeza que tinha feito a coisa certa de acordo com minha visão de jogo. Estava com rivalidade que queria que fosse resolvida. Ao atender o Big Fone, fui coerente em colocar meu rival direto. Passei a ter confiança de que tinha feito a coisa certa, paguei para ver."

Segundo ela, as informações chegam de forma truncada e não é possível acertar o tempo inteiro. "Lá dentro você tem pensamento e você pode seguir. Tive intuição e quis bater nessa tecla e deu no que deu. Tendo a visão de fora da casa seria mais inteligente eu ter buscado outra possibilidade ao atender o Big Fone. Mas na hora não me veio outra opção."

Jade contou que sentirá falta de tudo no BBB e que ficou muito feliz em ouvir do Tadeu que ela marcou história no reality. Ela também disse que não tem ideia de como ficará o quarto Lollipop com sua saída.

Perguntada por Ana Maria Braga se a rivalidade com Arthur poderia ser uma paixão, Jade não pestanejou. "Já estava com romance na casa e me via bem posicionada nesse quesito. Tinha meu rival, meu namoradinho. Ele é só meu adversário, nada de paixão", disse.

Outro arrependimento demonstrado pela ex-sister foi com relação a fala dela ao defender sua permanência. Na ocasião, revelou que doaria o prêmio de R$ 1,5 milhão para cinco instituições e usou disso para tentar ficar na casa.

"Queria doar e quis expor isso que iria doar o dinheiro. Vendo agora é louco a visão de dentro e de fora. No momento pareceu que era o certo a se falar. Mas poderia ter falado outra coisa."