Diretor ferido após tiro disparado por Alec Baldwin deixou hospital, diz atriz


SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Depois de se ferir após um tiro de arma de fogo disparado pelo ator Alex Baldwin, 63, no set do filme "Rust", o diretor do longa, Joel Souza, 48, recebeu alta hospitalar. Quem confirmou essa informação foi uma das estrelas do filme, Frances Fisher.

Pelas redes sociais, a atriz rebateu uma postagem que dizia que ele estava em estado crítico no hospital. "Essas citações [de que está em estado grave] são incorretas. Ele já está fora do hospital. Poderia corrigir?", publicou.

Na sequência, disse que o próprio ferido conversou com ela. "O diretor Joel me disse que já está fora do hospital", postou.

Joel teria levado um tiro no ombro segundo o Deadline. O acidente deixou a diretora de fotografia Halyna Hutchins, 42, morta no Bonanza Creek Ranch, em Santa Fé, Novo México, nos Estados Unidos, nesta quinta-feira (21). Halyna foi transportada de helicóptero para o Hospital da Universidade do México, mas não resistiu aos ferimentos.

De acordo com o The New York Times, foi o o próprio ator que disparou a arma. O disparo teria sido acidental e Baldwin não ficou ferido. "Estamos tentando determinar agora como e que tipo de projétil foi usado na arma de fogo", disse Juan Rios, porta-voz do Gabinete do Xerife do Condado de Santa Fé.

Segundo a Variety, ninguém foi preso e investigadores conversam com várias pessoas para apurar o que aconteceu. Uma fonte próxima disse que Baldwin foi interrogado e estava chorando, segundo o Santa Fe New Mexican.

O Deadline ouviu de fontes que o ator principal engatilhou a arma durante um ensaio e atingiu os diretores do longa. O set foi bloqueado e uma velha igreja foi bloqueada, de acordo com relatos da imprensa local. Bonanza Creek Ranch é conhecido por produções de filmes de faroeste.

Um porta-voz de produção da Rust Movie Productions LLC disse ao Deadline: "Houve um acidente hoje nas filmagens de "Rust", no Novo México, envolvendo a falha de ignição de uma arma de suporte. Duas pessoas foram levadas ao hospital e estão recebendo cuidados. A produção foi interrompida. A segurança de nosso elenco e equipe continua sendo nossa principal prioridade."

"Os detetives estão investigando como [a arma foi usada] e que tipo de projétil foi disparado", disse o Gabinete do Xerife em um comunicado na quinta. "Este incidente continua sendo uma investigação ativa. À medida que mais informações forem disponibilizadas, atualizações serão fornecidas."

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Últimas notícias

Continue lendo