|
  • Bitcoin 122.950
  • Dólar 5,0972
  • Euro 5,1691
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 01/03/2022, 10:01

Diplomatas boicotam discurso de chanceler russo e esvaziam sala em Genebra

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 01 de março de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Diplomatas de diversos países, puxados pela delegação da Ucrânia, boicotaram o discurso do ministro das Relações Exteriores da Rússia, Serguei Lavrov, nesta terça-feira (1º), transmitido em vídeo na Conferência sobre Desarmamento da ONU, em Genebra, na Suíça, deixando a sala quase vazia.

De acordo com um jornalista da agência de notícias AFP, o movimento foi recebido fora do salão com aplausos.

"É importante mostrar um gesto de solidariedade aos nossos amigos ucranianos", disse Yann Hwang, embaixador francês na conferência.

Representantes de países como Venezuela, Iêmen, Argélia, Síria e Tunísia permaneceram na sala. Vídeo publicado pelo jornalista Jamil Chade, no Twitter, indica que o diplomata do Brasil também seguiu no local e não participou do boicote.

Em seu discurso, Lavrov disse que Kiev está tentando adquirir armas nucleares. "A Ucrânia ainda tem tecnologias soviéticas e os meios de entrega de tais armas", afirmou. "Não podemos deixar de responder a este perigo real."

Uma hora depois, o chanceler foi alvo de um segundo boicote durante sua participação por vídeo no Conselho de Direitos Humanos da ONU.

O ministro russo deveria viajar para Genebra, mas cancelou sua visita citando "sanções anti-Rússia" que o impedem de sobrevoar a União Europeia.