|
  • Bitcoin 150.000
  • Dólar 4,9314
  • Euro 5,2150
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 18/03/2022, 16:08

Danilo Gentili deve apagar série de posts gordofóbicos, decide Justiça da Bahia

PUBLICAÇÃO
sexta-feira, 18 de março de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O apresentador e humorista Danilo Gentili terá que apagar uma série de posts que fez sobre a bailarina e modelo plus size Thais Carla, por decisão da Justiça da Bahia.

Em seu Twitter, Gentili fez comentários irônicos em relação ao peso de Carla. Num deles, de 2019, por exemplo, recortou uma notícia em que a dançarina reclama do tamanho da poltrona de um avião e escreveu: "Eu nunca vi essas pessoas reclamarem que a cadeira do McDonalds é pequena."

No processo, Carla alegou que foi vítima de preconceito e que Gentili tem "fobia e aversão às pessoas as quais não considera semelhante". Diz ainda que o humorista faz "comédia degradante e pejorativa contra populações minoritárias para promover seu trabalho de stand-up comedy".

O juiz João Batista Perez Garcia Moreno Neto afirma em sua decisão, com data de 9 de março, que os posts de Gentili são gordofóbicos e ridicularizam a modelo com frases preconceituosas, além de encorajar os outros a publicarem comentários ofensivos a ela.

"A atitude do réu extrapolou os limites da liberdade de expressão", diz a decisão.

Caso o apresentador não delete as postagens, terá de pagar multa de R$ 150 por dia, até o limite de R$ 30 mil.

Gentili está no centro de uma polêmica esta semana depois que o filme "Como Se Tornar o Pior Aluno da Escola", baseado num livro seu, foi acusado de pedófilo por expoentes do bolsonarismo, como o secretário da Cultura, Mario Frias. O humorista fala que longa está sendo censurado.