|
  • Bitcoin 141.951
  • Dólar 4,8152
  • Euro 5,1422
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 21/03/2022, 17:25

Cratera engole carro com motorista em avenida de São Paulo (1)

PUBLICAÇÃO
segunda-feira, 21 de março de 2022

CARLOS PETROCILO
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Uma cratera se abriu em uma calçada da avenida Eliseu de Almeida, no Butantã, na zona oeste de São Paulo, e engoliu um veículo na manhã desta segunda-feira (21).

Para tirar um homem que caiu no buraco, transeuntes utilizaram corda e uma escada. O homem aparece sobre o carro, uma Chevrolet Blazer, em um vídeo.

Segundo o Corpo de Bombeiros, não houve feridos. A corporação enviou cinco viaturas ao local. Também foram acionadas equipes da Defesa Civil, da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) e da Comgás (Companhia de Gás de São Paulo). O fornecimento de gás foi interrompido na região.

Anderson Domiciano Nardotto, dono de uma loja de pneus no local da cratera, disse que a Defesa Civil interditou alguns imóveis na região. "A previsão, segundo os funcionários da Defesa Civil, é que só vamos poder funcionar daqui a uns dez dias", afirmou Nardotto.

Segundo ele, há quatro dias a região sofre com falta do fornecimento de água. "Hoje [segunda], o meu vizinho, ao abrir a porta da oficina, percebeu que o chão tinha cedido. Assim que o filho dele foi tirar a Blazer do galpão, perdeu o chão. O carro caiu de ponta-cabeça, entrou carro e houve o vazamento de gás. Por Deus, o rapaz conseguiu sair dali com vida", disse o comerciante.

Em frente ao local da cratera há uma oficina mecânica. A CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) interditou parte da avenida Eliseu de Almeida.

​A Prefeitura de São Paulo afirma que vistoriou o local e verificou que não se trata de galeria de água pluvial. "A Subprefeitura Butantã continua no local, em vistoria conjunta com Sabesp e Comgás", disse a prefeitura, em nota.

A Sabesp disse que enviou equipe ao local para avaliar a situação. "A rede de água que passa pelo local já está fechada. A equipe aguarda o fechamento da rede de gás para prosseguir com o diagnóstico", afirmou a companhia.

A Comgás disse que recebeu chamado às 9h34 "sobre um dano na rede de gás natural encanado ocasionado por um solapamento".

A empresa disse também, por volta das 13h, que uma equipe permanece no local para "garantir a segurança da tubulação".

Com a interdição da via no sentido centro, a prefeitura orienta motoristas —oriundos da avenida Pirajussara (continuação da avenida Eliseu de Almeida)— a utilizar a "rua Caminho do Engenho, podendo seguir pela avenida Francisco Morato, seguir pela ruas Joaquim Galvão, André Saraiva, Taborda, Heitor dos Prazeres, e retorna para avenida Pirajussara/Eliseu de Almeida".