CPI convoca ex-mulher de Bolsonaro para prestar depoimento


RENATO MACHADO
RENATO MACHADO

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Os senadores da CPI da Covid aprovaram requerimento de convocação de Ana Cristina Valle, ex-mulher do presidente Jair Bolsonaro e mão de um de seus filhos, Jair Renan.

O requerimento de autoria de Alessandro Vieira (Cidadania-SE) não estava na pauta e foi incluído de última hora. A medida provocou protestos dos governistas.

Senadores da CPI afirmam ter mensagens de conversas entre Ana Cristina e o lobista Marconny Albernaz de Faria, que depõe nesta quarta-feira (15). As mensagens mostrariam que a ex-mulher de Bolsonaro seria responsável por fazer indicações para cargos no governo.

Questionado sobre o assunto, Marconny exerceu seu direito ao silêncio, por contar com um habeas corpus.

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Últimas notícias

Continue lendo