Correção


A deputada federal Tabata Amaral não se desfiliou do PDT em 2019, como afirmou versão anterior de reportagem sobre sua ida para o PSB. Ela entrou na Justiça naquele ano com um pedido de desfiliação por justa causa, cuja decisão favorável foi tomada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) em maio de 2021.

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Últimas notícias

Continue lendo